Vídeo: Primeira noite do toque de recolher deixa ruas e avenidas desertas em Prado


Na primeira noite com toque de recolher em Prado, o clima foi de cidade deserta. Ruas e avenidas, estavam vazias na noite da última quarta-feira (03) por conta do coronavírus. O toque de recolher começa às 18 horas e só termina às 5 horas, uma medida para que as pessoas fiquem em casa para conter a transmissão do vírus que tem aumentado no município.

A prefeita do Prado, Mayra Brito anunciou no dia (02) o toque de recolher. Segundo ela, o Extremo sul da Bahia teve um aumento significativo de casos nos últimos dias. Por essa razão, após reunião entre o Governador Rui Costa, Secretário Fabio Villas Boas, e prefeitos da região, definiu-se de forma conjunta adotar tais medidas mais restritivas.

De acordo com o Decreto Municipal nº 086/2020, só serão permitidos a abertura de estabelecimentos conforme descrito abaixo:

. Serviços essenciais: mercados, farmácias, unidades de saúde, serviços de segurança privada, serviços funerários, postos de combustíveis, indústrias, bancos e lotéricas e estabelecimentos voltados para alimentação e cuidado de animais – permitido funcionar até às 17hs.

. Serviços que poderão funcionar após as 18hs: Farmácias 24 horas, hospital, unidades de saúde, UPA.

Está proibida a circulação de pessoas em ruas, praças, logradouros e jardins das 18h às 5h da manhã. O não cumprimento das medidas estabelecidas no presente Decreto será caracterizado como infração à legislação municipal e sujeitará o infrator às penalidades e sanções.

O decreto é válido até o dia 09 de junho. A pessoa que descumprir o decreto e for vista na rua, será conduzida pela equipe da vigilancia sanitária com o apoio da Polícia Militar para sua residência.