Vergonha: Vereadores de Alcobaça ficam contra os Professores


NOTA da APLB / ALCOBAÇA

APLB SINDICATO DE ALCOBAÇA, vem a público questionar os vereadores do município de Alcobaça acerca da articulação tramada contra os servidores em educação na noite de hoje (18/12/2017), quando dedicam uma assembleia exclusivamente para votar um VETO do gestor municipal, que alega ser INCONSTITUCIONAL, elaborar um Plano de Aplicação para gastar os valor de mais de 64 milhões de reais referentes aos PRECATÓRIOS DO FUNDEF. INCONSTITUCIONAL é a não elaboração do Plano de Aplicação.

ERRADO é receber um documento e em menos de doze horas APRECIAR e VOTAR.
Ainda na reunião realizada em 11/12/2017, todos os vereadores votaram por UNANIMIDADE a emenda que orienta o gestor, a constituir COMISSÃO PARITÁRIA no prazo de até 45 dias formada por representantes do executivo, legislativo e APLB para ELABORAR O PLANO DE APLICAÇÃO DOS PRECATÓRIOS DO FUNDEF.

O que aconteceu com os senhores(as) vereadores(as)?

A APLB SINDICATO DE ALCOBAÇA, irá realizar assembleia extraordinária nesta quinta-feira (21/12/2017) propondo a categoria o NÃO INÍCIO DO ANO LETIVO DE 2018, caso os SENHORES(AS) VEREADORES (AS), não anulem essa votação de VETO a referida emenda, pois consideramos que tudo foi feito na surdina, tendo em vista que alguns vereadores nos relataram ter conhecimento do VETO apenas no horário da assembleia. Nesta noite apenas os vereadores Otoniel Souza Munize Gildasio mantiveram as suas palavras com a categoria.