Vereda: Adolescente de 17 anos tenta matar o pai a pauladas e acaba apreendido pela Polícia Civil


Vereda: Na noite da última terça-feira, 03 de março, um adolescente de 17 anos, que tem ligações com o tráfico de drogas, usando um objeto contundente, tentou matar o próprio pai. O crime aconteceu por volta das 22h00, na Rua da Macaca, no Bairro Novo, onde as informações apontaram que o filho, em posse de um cabo de enxada atingiu a cabeça do senhor Ernildo Santos Anacleto, 46 anos de idade.

Segundo relatos, o pai vinha cobrando uma mudança de postura do filho, para que ele deixasse algumas práticas. Diante disso, houve discussões e resultou na agressão. O senhor Ernildo foi socorrido até o Hospital Municipal de Vereda e como houve suspeita de traumatismo crânioencefálico, o mesmo foi transferido para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF). Após registro do fato, o delegado responsável por Vereda, Manoel Andreetta, juntamente com sua equipe, foi a campo e conseguiu localizar e apreender o autor.

O delegado realizou buscas e encontrou também o objeto usado no crime. O adolescente foi encaminhado para a sede da Delegacia Territorial de Vereda, onde foi ouvido  e confessou a agressão, bem como a motivação do crime. O adolescente foi indiciado por crime análogo ao crime de homicídio tentado. Nossa equipe esteve no hospital, e segundo as informações o estado de saúde de Ernildo é considerado grave. O adolescente, após ser ouvido, foi encaminhado para a sede da Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas.

O adolescente será submetido a exames de lesão corporal e ficará apreendido até ser apresentado ao Ministério Público. Segundo o delegado Manoel Andreetta, a população de Vereda não será refém de criminosos e muito menos ter crimes sem solução. O delegado afirmou que as ações da Polícia Civil irão ser intensificadas. “O tráfico de drogas é uma realidade em todas as cidades, mas, em Vereda iremos combater e investigar caso a caso, e colocaremos traficantes e fornecedores atrás das grades”, afirmou o delegado.

Por: Rafael Vedra/LiberdadeNews