Repórter Tyago Ramos é preso durante campanha em Posto da Mata. Alegação é de que som estava alto


O repórter da Rede Sul bahia de Comunicação, Tyago Ramos, foi preso na manhã desta sexta-feira, (28), durante a campanha do candidato Lucas Bocão e Uldurico Júnior na cidade de Nova Viçosa.

A ordem da prisão, veio através de Glauco Frutuoso Cerqueira, chefe da 35ª Zona Eleitoral de Nova Viçosa. Segundo informações, Glauco teria alegado que o som do veículo que acompanhava a campanha estava alto, e teria dado voz de prisão ao repórter, alegando ainda desacato.

Acompanhe no vídeo abaixo:

Repórter Tyago Ramos é preso durante campanha em Posto da Mata. Alegação é de que som estava alto

Repórter Tyago Ramos é preso durante campanha em Posto da Mata. Alegação é de que som estava alto

Publicado por Prado Notícia em Sexta, 28 de setembro de 2018

Glauco, é um antigo desafeto de Tyago Ramos. A prisão foi transmitida ao vivo durante uma live no Facebook. Tyago Ramos, foi algemado e levado para delegacia de polícia no fundo de uma viatura da polícia militar.

Durante a confusão, uma apoiadora de Lucas Bocão, foi agredido por correligionários de Carlos Robson, o Robinho, deputado estadual candidato a reeleição. A moça chegou a desmaiar e foi encaminhada para o hospital da cidade.

O candidato a deputado estadual Lucas Bocão, acompanhou Tyago Ramos até a delegacia, onde se encontra neste momento.

Por telefone, Lucas disse a nossa equipe de reportagem que o ato foi estritamente político, e que providências serão tomadas neste sentido. Lucas relatou ainda que será registrado uma ocorrência referente a agressão em sua apoiadora. Lucas ainda agradeceu ao pessoal da polícia militar que estava cumprindo o estrito dever legal, pela maneira como conduziu a situação.

A qualquer momento maiores informações

Por Moreira \ Verdades Políticas