Prefeitura do Prado leva Mutirão do Glaucoma para aldeia indígena


A Prefeitura de Prado, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou mais um Mutirão do Glaucoma em parceria com o Governo do Estado. A ação oftalmológica aconteceu na comunidade indígena Águas Belas, no último sábado (21). Os pacientes fizeram exames para verificar a pressão dos olhos.

Foram atendidos dezenas de pacientes, sendo que algumas delas receberam o diagnóstico de glaucoma. Para essas pessoas, a equipe do mutirão entregou colírios gratuitamente, dando início imediato ao tratamento. “O município possui uma quantidade significativa de pessoas com a doença, que aparece de forma silenciosa e não tem cura. Esse serviço de prevenção é indispensável, evitando que o glaucoma seja detectado em estágio avançado. Já beneficiamos mais milhares de pessoas com esse trabalho”, enfatizou o secretário municipal de Saúde, Luciano Ferreira da Mota.

A prefeita do Prado, Mayra Brito, também destacou a importância dos mutirões direcionados à saúde dos olhos. “Para ampliar o acesso de centenas de pessoas ao diagnóstico, é preciso um trabalho em conjunto. É assim que conseguimos proporcionar um tratamento mais rápido da doença”, ressaltou a prefeita.

GLAUCOMA

O glaucoma é uma doença que atinge o nervo óptico e envolve a perda de células da retina responsáveis por enviar os impulsos nervosos ao cérebro.

A pressão intraocular elevada é um fator de risco significativo para o desenvolvimento do glaucoma, não existindo, contudo, uma relação direta entre um determinado valor da pressão intraocular e o aparecimento da doença.

Ou seja, enquanto uma pessoa pode desenvolver danos no nervo com pressões relativamente baixas, outra pode ter pressão intraocular elevada durante anos sem apresentar lesões.

Por Claydson Motta | Prado Notícia