Prefeitura do Prado gasta mais de 100 mil reais somente com estrutura para o Centro de testagem do Coronavírus


Se o combate à pandemia do novo coronavírus dependesse apenas de locação de estrutura para a montagem de um centro de atendimento e materiais de construção elétricos, a prefeitura de Prado, certamente, seria uma referência para qualquer município do país. Os contratos realizados, nos últimos meses, pela administração municipal para aquisição desses dois itens ultrapassam R$ 100 mil.

Um deles despertou atenção por direcionar mais de R$ 84 mil exclusivamente para o aluguel de uma estrutura para montar um posto de atendimento numa quadra pública. Somados todos os contratos realizados pela prefeitura de Prado, destinados ao enfrentamento da crise sanitária, os valores são incalculáveis. Porém, o que mais tem intrigado vereadores de oposição é que tem faltado testes rápidos para população. À medida que foi apresentada como solução, e que encheu de expectativas os moradores da cidade, hoje é só desconfiança.

O contrato 0989/2020, assinado em 01 de setembro entre a prefeitura e a empresa Reginaldo S. Machado Eireli, estabelece o aluguel de 02 toldos, 02 salas climatizadas, feitas em pvc e compensado e 02 torre treliças. O prazo do contrato é até 31/12/2020.

De acordo com um paciente que esteve à procura de ajuda no centro que foi montado pela prefeitura, no local não tinha equipamentos e não tinha profissionais. “Aquilo é um gasto sem cabimento, dinheiro que está vindo do Governo Federal e que poderia estar beneficiando a população”, salienta o morador Ronaldo dos Santos.

Outro detalhe suspeito é o benefício destinados para os funcionários e colaboradores que estão na linha de frente do coronavírus. Alguns desses servidores se quer recebem a gratificação e já outras que não fazem parte dessa suposta “linha de frente” vem recebendo. É o caso do Ualdo de Souza Dutra que foi nomeado para exercer o cargo de diretor de divisão e tem uma carga horária de 40 horas. De acordo com os próprios servidores públicos, Ualdo nunca foi visto no município de Prado e mesmo assim está na folha de gratificação.

Os comentários estão desativados.