Polícia Militar de Caravelas prende cinco pessoas envolvidas em roubo e tráfico na cidade


Na noite desta terça-feira, 27 de abril, policiais militares da 88ª CIPM de Caravelas compareceram na Delegacia Territorial de Alcobaça, onde o delegado titular Maderson Souza, está respondendo pela Delegacia de Caravelas, apresentando cinco indivíduos acusados de tráfico de drogas e roubo. Segundo a guarnição, uma denúncia anônima dava conta de que um dos autores de um roubo ocorrido no dia anterior (26/04), estaria à beira do Porto de Caravelas, aguardando uma embarcação para Nova Viçosa. Foi passada as características do suspeito, e a guarnição o encontrou, sendo ele identificado posteriormente pelo nome de Weverton Cândido Barcelos de Oliveira, 18 anos de idade.

Durante a abordagem, o Weverton resistiu à intervenção policial, lesionando o supercílio de um dos policiais, sendo necessário usar a força para contê-lo. Após concluir a busca pessoal no suspeito, nada de ilícito foi encontrado com ele naquele momento. Porém, ao ser questionado sobre a sua participação no roubo de um celular no dia anterior, ele negou participação, mas informou que havia sido um amigo dele, que tinha vindo de Nova Viçosa para Caravelas, e que teria roubado a referida vítima. Ele disse ainda que sabia com quem estaria o celular, e indicou a pessoa de Lindamaria Couto Francisco, 18 anos, vulgo “Buia”. O Weverton indicou ainda o endereço da Lindamaria.

O Weverton disse ainda que era na casa dela que ele estava hospedado, juntamente com as pessoas de Tamires Silva Santos, 18 anos, e Beatriz Cardoso Gonçalves Santos, 18 anos. Quando o Weverton informou o endereço, na Rua Cinco, do Bairro Portelinha, os militares reconheceram o local como sendo um ponto de comercialização de drogas, que já estava sendo monitorado pela PM. No local, os militares encontraram a “Buia”, na companhia de Tamires e Beatriz. Após buscas no imóvel, foi encontrado dentro de uma sapateira, um saco de plástico de cor verde, contendo 80 pedras de crack, embaladas para o comércio e diversas embalagens de plásticos das mesmas que foram usadas para embalar as referidas drogas.

Tamires, a proprietária da casa, ao ser questionada sobre a origem da droga, ela informou que seria de Weverton, e que ele teria coagido ela (Tamires) e a Beatriz para deixar a droga escondida na casa dela, inclusive obrigando-as a cozinhar para ele. Ao questionar “Buia” sobre o celular roubado, ela informou que celular estaria na casa do traficante conhecido como Ian dos Santos Angélica, 24 anos. A guarnição se deslocou até a casa do Ian, o qual se encontra atualmente em prisão domiciliar. O Ian ao perceber a presença da viatura, tentou evadir-se, mas, foi alcançado pela guarnição. Após ser questionado sobre o celular, ele afirmou que estaria com “Buia”, fato confirmado depois pela guarnição.

O Ian disse ao militares que na sua casa só havia uma pequena quantidade de drogas, mas que era de propriedade do Weverton, o qual havia lhe pedido para guardar para ele. Na residência os militares apreenderam a referida droga, sendo 24 pedras de crack e 06 buchas de maconha, que estava dentro de um maço de cigarro, no guarda-roupa do quarto dele. Ainda no maço, havia a quantia de R$ 188,00. Quanto ao celular recuperado, a Buia disse que estava guardando para Weverton.

Após recuperar o celular, os militares foram até a casa da vítima onde ela apresentou a nota fiscal, cuja numeração coincidia com o aparelho, e o celular foi devolvido. Os militares mostraram à vítima algumas fotografias dos envolvidos nesta ação, e de imediato, a vítima identificou o Weverton como um dos participantes no roubo em que ela foi vítima. Os cinco acusados receberam voz de prisão e foram apresentados na Delegacia de Alcobaça, onde o delegado Maderson Dias, que responde pela Delegacia Territorial de Caravelas.

Após oitiva, o delegado flagranteou todos os envolvidos por crimes de tráfico e associação ao tráfico. A Lindamaria, além do flagrante por tráfico, foi flagranteada ainda por crime de receptação. Após o flagrante, os cinco acusados foram recambiado para a Carceragem da Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas (Sede da 8ª COORPIN), onde permanecem à disposição da Justiça.

Por: Liberdadenews

Os comentários estão desativados.