Paulo Souto diz que é preciso “dar um basta” ao aumento da violência na Bahia


“Com tantas belezas e riquezas naturais, o Baixo Sul é uma região abençoada por Deus. Seu povo, que sempre foi alegre e hospitaleiro, não merece viver no inferno da violência desenfreada que invadiu as cidades e a zona rural nestes últimos sete anos e meio. Vamos dar um basta nisto!”, afirmou o candidato a governador, Paulo Souto, da coligação “Unidos pela Bahia”, ao lado dos companheiros de chapa, Joaci Góes (vice), e Geddel Vieira Lima (senador), ontem, em Carreata que iniciou em Camamu e seguiu por Ituberá, Nilo Peça­nha, Taperoá e Valença.

Paulo-Souto1

Paulo Souto garantiu que a segurança pública será uma prioridade em sua administração. “Se eleito, vou res­ta­belecer a confiança entre o governo e a polícia. Aumentar e distribuir melhor o contingente policial. Além de investir em tecnologia e inteligência para combatermos com eficiência a criminali­dade em todo o estado. A paz vai voltar à Bahia”, disse.

Geddel reiterou a determinação da chapa em trazer de volta a tranquilidade aos baianos. Criticou o caos da saúde pública e o maltrato sofrido pela população, quando depende de um internamento hospitalar e tem que se submeter à roleta russa da regulação, onde a sorte decide quem vive e quem morre.

Paulo Souto anunciou que os centros regionais de assistência à saúde, que pretende implantar, no caso de eleito, vão acabar com o martírio de os pacientes permanecerem meses esperando por consultas e realização de exames. “Vamos trabalhar para que as pessoas tenham um atendimento digno”.

A infraestrutura da região não foi esquecida pelo candidato a governador. Ele se comprometeu a recuperar o trecho da BA-001, que vai de Nazaré a Valença, além de estudar a viabilidade de fazer contornos rodoviários nas cidades cortadas pela rodovia. Também prometeu esforços na recuperação da estrada que liga Ituberá a Piraí.

Paulo Souto revelou estar em seus planos ainda um programa de apoio aos pequenos produtores agrícolas do Baixo Sul. “Desejamos promover a requalificação urbana da orla de Camamu e desenvolver ações que fortaleçam o turismo nesta região de grande potencial”.

Por Tribuna da Bahia

Os comentários estão desativados.