Ossada pode ser de homem desaparecido há mais de um ano


Porto Seguro: A Polícia Civil investiga se a ossada encontrada no fim da tarde de quinta-feira (1º), em uma mata no distrito de Arraial d’Ajuda, em Porto Seguro, era de Ednaldo Castro da Silva, que está desaparecido há um ano e quatro meses. A suspeita foi levantada pela irmã de Ednaldo, que localizou os ossos em uma área de difícil acesso, no bairro Alto do Vilas.

Ela afirmou que algumas peças de roupas que estavam perto dos restos mortais são do seu irmão. Segundo o delegado Lucas Carreira, após a perícia no local, a ossada foi removida para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), em Porto Seguro. A análise dos ossos pode indicar se a morte foi violenta. “Os peritos vão poder verificar se há fratura ou até mesmo perfuração de arma de fogo”, frisa Carreira.

Um dos exames que o DPT pode realizar para determinar sexo e idade aproximada é o da arcada dentária, feita por um perito odonto legal. Mas a identificação definitiva vem somente por meio de exame de DNA. “Mas não há um prazo estimado para a sua realização, pois isso depende muita da demanda na coordenação de genética do Laboratório Central, em Salvador, que é muito alta”, finalizou um perito.

Fonte: Radar64