Mototaxista teixeirense e ex-presidiário são presos com mais de 1kg de drogas pelo PETO de Posto da Mata


Policiais do PETO da 89ª CIPM estavam em patrulhamento na tarde desta segunda-feira, 22 de abril, no distrito de Posto da Mata, quando ainda na BR 101 avistaram uma motocicleta modelo Honda/Titan FAN, de cor amarelo dourado, de placa policial PKM 4939, com cores e adesivos padrão dos mototaxistas de Teixeira de Freitas, cujo piloto também estava com uniforme da categoria e transportava um “passageiro”.

Ao perceberem a proximidade da viatura, aumentaram a velocidade em atitude suspeita, momento em que o carona, que estava com uma mochila nas costas, a jogou às margens da rodovia. Os PMs deram continuidade ao acompanhamento dos suspeitos, que foram interceptados mais a frente. Ao serem abordados, confessaram que a mochila dispensada estava com entorpecentes. Os militares localizaram a mochila, posteriormente, confirmando a existência da droga.

Os acusados foram identificados como Tiago dos Anjos Lopes, vulgo “Tim”, de 21 anos, sendo esse o mototaxista teixeirense, que disse para os PMs que já há algum tempo estaria fazendo “Correria” para presidiários do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas – CPTF. O garupa trata-se de Clebson Cândido Esteves, vulgo “Vivi”, de 19 anos, que teria saído do presidio há 6 dias, onde estava cumprindo pena por tráfico de drogas.

Com eles foram encontrado aproximadamente 1kg, de uma substancia tipo maconha; 100 gramas de cocaína; 01 balança de precisão; 02 celulares, e o valor em especie de R$ 323,00 (trezentos e vinte três reais). Os dois acusados, juntamente com a motocicleta e todo o material apreendidos, foram conduzidos e apresentados na Subdelegacia de Polícia de Posto da Mata, onde foram flagranteados pelo delegado titular do município, Marco Antônio Neves.

Segundo o delegado Marco Antônio, após o brilhante trabalho da Polícia Militar, ele e seus investigadores, deram continuidade às investigações e após o acusado Clebson ter confessado que estaria traficando, o delegado foi até a casa dele, onde após autorização dos pais do Clebson, o delegado revistou o imóvel, encontrado escondido em um colchão, aproximadamente 300 gramas de crack.

O Tiago (Tim) e o Clebson (Vivi) foram conduzidos para a carceragem da Subdelegacia, devendo ser transferidos nesta terça-feira para a Sede da 8ª COORPIN, em Teixeira de Freitas, onde ficarão sob custodia.

Fonte Liberdadenews