Justiça determina bloqueio de bens do deputado Robinho


O juiz federal Guilherme Bacelar Patrício de Assis, da Subseção Judiciária da Justiça Federal de Teixeira de Freitas, determinou o bloqueio de todos os bens do deputado estadual Robinho (PP), acusado de praticar atos de improbidade administrativa à época em que foi prefeito do município de Nova Viçosa, entre 2005 e 2012. A decisão liminar (provisória) atinge outras quatro pessoas e uma construtora. A decisão cabe recurso.

Segundo denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF), a ação apura a malversação de R$ 195.000,00  em recursos públicos em um processo licitatório ocorrido em janeiro de 2009. O aporte foi repassado pela União, por meio do Ministério do Turismo. No pedido, o MPF requer a indisponibilidade de bens em R$ 97.500,00 em contas, aplicações e investimentos dos réus. O valor equivale a 50 % do total do repasse. 

Informações: Bocão News