Jovem é executado a caminho do trabalho na ladeira que liga o São Lourenço ao Tancredo


Teixeira de Freitas: Na manhã desta quinta-feira, 04 de janeiro, a violência, que começou com altos índices em 2018, fez mais uma vítima nas primeiras horas do 4° dia do ano. Segundo informações passadas para a Polícia, foram ouvidos cerca de 05 tiros na Rua Sargento Pedro, mais precisamente na ladeira que liga o Bairro São Lourenço ao Tancredo Neves. Populares e curiosos foram olhar o que teria acontecido e flagraram um suspeito correndo, saindo da área de mato na lateral da via. Ao se aproximarem do local, foi encontrado um corpo do sexo masculino.

A Polícia Militar foi informada do caso e uma guarnição esteve no local, onde tomou as primeiras providências. Os militares preservaram a área e informaram o crime à Polícia Civil. O delegado plantonista, Marco Antônio Neves, juntamente com o investigador Rodrigo, esteve no local e realizou o levantamento cadavérico. A vítima foi identificada como sendo, Vanderley Pires Santos, 20 anos de idade, que reside na Rua Jacó do Bandolim, no Bairro São Lourenço. O delegado solicitou perícia e uma equipe do Departamento de Polícia Técnica esteve no local.

Os peritos Danilo Bastos e Sandro de Abreu realizaram os trabalhos periciais, e ao concluir a perícia de ação violenta, o perito Danilo afirmou que a vítima apresentava 02 perfurações causadas por disparos de arma de fogo. Ainda segundo o perito, os tiros atingiram as costas e o braço esquerdo da vítima. Foi identificado a presença de projétil na região do peito do jovem, possivelmente o do tiro nas costas. O projétil será retirado na mesa de necropsia do IML de Teixeira de Freitas, e então será possível identificar o calibre da arma usada no crime, que deve ser um revólver calibre 32 ou 38.

Após perícia, o delegado autorizou remoção e o corpo foi encaminhado ao IML. O delegado colheu as primeiras informações sobre o crime e deverá encaminhar o caso para o Núcleo de Homicídio e Tráfico da 8ª COORPIN. Um inquérito policial será instaurado para investigar autoria e motivação do crime. A Polícia irá investigar e apurar se a vítima possuí passagem pela Polícia e se teria envolvimento com práticas ilícitas.

Por LiberdadeNews