‘Eu não vou ficar me escondendo’, afirma Wagner sobre possibilidade de prisão


Ainda aventado dentro do PT como plano B, mesmo negando publicamente, o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, disse nesta sexta-feira (13) que não vai ficar se escondendo de uma eventual prisão.

Ele deu esta declaração ao ser perguntado se não tem medo de ser preso, já que candidatos aventados à Presidência da República costumam ficar expostos a possíveis investigações da Justiça, caso do próprio Wagner, alvo da operação Cartão Vermelho. “Eu já estou sem foro há muito tempo, desde que saí da presidência da República. Só recuperei o foro quando virei secretário depois, agora estou sem de novo.

Não acho que a questão da prerrogativa, por si só, garanta ninguém. Se a subjetividade é o que prende, aí tudo bem. Se tiver alguém do Ministério Público, mas até agora não vejo a ameaça de ser preso. Ninguém gosta de ser preso, mas eu também não vou ficar me escondendo”, afirmou. Ainda segundo o ex-governador, agora, ele não é só mais “plano L” de Lula, mas plano “dois L”. “Sou plano dois L, de Lula Livre”, disse.

Fonte: Bahianoticias