Eleições 2020: Da infância pobre a prefeito de Prado: Conheça a história de Gilvan Produções


Prado presenciou um novo momento em sua política. Pela primeira vez na história do município, um jovem de família humilde, que teve uma infância sofrida venceu uma eleição majoritária. O prefeito eleito, Gilvan da Silva Santo (PSD), o “Gilvan Produções”, representa a quebra de paradigma e de que o povo pradense quer, de fato, mudanças na administração municipal. Além de ser o primeiro prefeito negro e de família humilde, com 41 anos, é o novo chefe do executivo.

Apesar da turbulência que está sendo sua segunda-feira (16), um dia após a vitória nas urnas, com diversos compromissos e entrevistas, ele gentilmente concedeu uma entrevista ao site Prado Notícia para contar sua história, desde sua infância humilde em Prado, até o dia 15 de novembro de 2020, quando foi eleito prefeito mais bem votado da história.

Gilvan Produções é um legitimo pradense. Nascido em 03 novembro em 1979, no município de Prado, filho do Sr. João José Santos e Dona Almira da Silva Santos, tendo como avós paternos Manoel José dos Santos e Maria de Jesus da Conceição, e avós maternos o comerciante Amaro Miranda da Silva e Maria Valanzuela Chaves. Gilvan foi o segundo de 5 filhos e de acordo com os relatos da família, desde criança sempre foi muito tranquilo e com um perfil de empreendedor.

Aos 8 anos de idade, já ajudava o seu avô Amaro em seu comércio. Numa quitanda localizada na Rua Ana Nery e também fazia frete na feira local. Numa rotina de trabalho e estudo, o que não era nada fácil, conciliava com sabedoria as atividades escolares no  Colégio Maria Cândia de Almeida, onde estudava pela manhã e atarde saia pelas ruas da cidade junto a sua irmã mais velha Sandra, para vender cocadas preparadas pela sua mãe.

A vida religiosa de Gilvan teve início na Igreja Católica Nossa Senhora da Purificação, onde fez a primeira comunhão e foi também crismado. A sua devoção e respeito por São Benedito começará muito cedo desde quando ainda pequeno participava dos festejos de uma das maiores festas populares do nosso município, a Marujada, na qual faz parte até os dias atuais. Sempre disposto a trabalhar e preocupado em cuidar da sua família e no sustento da casa, teve o seu primeiro emprego como embalador no Supermercado Mini Preço do proprietário Luiz Cláudio Fonseca Ramos. Logo depois foi para o seu segundo emprego na Padaria Nosso Pão.

Devido as rotinas dos trabalhos na padaria, passou a estudar a noite no Colégio Anísio Teixeira, onde concluiu o ensino médio em técnico em contabilidade em 1999. Com o fechamento da Padaria Nosso Pão, aos 22 anos, abriu o seu primeiro empreendimento a lanchonete “Fui.Com”, inicialmente localizada na Praça da Matriz e tendo o seu segundo endereço onde se localizava a praça de eventos. Em 2001 conheceu aquela que escolheu como companheira, Neuziane Mascarenhas Novais. Oficializando a união 9 anos depois.

Como nem tudo são flores nessa caminhada, Gilvan teve uma perda irreparável, em abril de 2010, em uma partida repentina perdia a matriarca da família, Dona Almir aos 59 anos de idade. Mulher guerreira de voz serena em passadas lentas deixava esposo e filhos  e com um grande legado para as futuras gerações.

A carreira na política de Gilvan aconteceu naturalmente e sem pretensões de chegar tão longe. Candidatou-se a vereador em 2012 e que foi eleito legislando no período de 2013 à 2016 sendo nesta eleição o segundo bem mais votado com 593 votos. Nascia então nesse momento para a sociedade pradense uma liderança política. No dia 17 de abril de 2014, nasceu um dos maiores presente que Deus lhe deu, a sua primeira e até então a sua única filha, Isadora.

Em 2016, candidatou-se a prefeitura do Prado, ficando em segundo lugar com 7.029 votos, com a diferença para o primeiro lugar de apenas 141 votos. Apesar das derrotas nas urnas ele não se sentiu derrotado, mas serviu como aprendizado e o impulso para continuar lutando pela comunidade a qual ele pertence.

Com uma nova forma de fazer política, com uma proposta de renovação pautada na fé, humildade, ética e respeito derrotou nas urnas a família Brito que apoiava o candidato Jorginho do guarani, com uma diferença avassaladora. Gilvan Produções deixou comprovando que o dinheiro não se compra o caráter e a dignidade das pessoas.

“Eu serei um bom prefeito para Prado, pois sei bem o quão importante é escutar o povo e buscar uma solução para as suas necessidades. Com essa experiência de sentir o problema e não medir esforços para que uma solução aconteça, quero e vou colocar a disposição da população, a partir do dia 1º de Janeiro. Eu sei de todas as potencialidades que Prado tem, seja na parte de nossa natureza que é tão bonita, na parte cultural, social, ou seja, nós temos apenas que fornecer os meios e eu serei uma ferramenta, junto com o Carlão, para isso. Vamos buscar todo o apoio do governo do estado. Nosso grupo político conta com três senadores da república, 6 deputados federais, 9 deputados estaduais e o apoio do governador Rui Costa. Teremos uma Secretaria do Planejamento bastante autônoma, quer possa buscar os convênios nos mais diferentes ministérios, pois muitas vezes existe a verba a ser repassada, mas ela está parada por falta de apresentar bons projetos. O nosso mandato, será um mandato participativo voltada para o nosso povo.

Gilvan (PSD) foi eleito com 60,15% dos votos. Foram 10.376 votos no total.

O candidato derrotou Jorginho, que ficou em segundo lugar com apenas 27,93% (4.818 votos).

A eleição em Prado teve 23,49% de abstenção, 1,42% votos brancos e 4,69% votos nulos.

Veja o resultado após o fim da apuração:
Gilvan – PSD – 60,15%
Jorginho – PP – 27,93%
Luciano da Saúde – PV – 11,55%
Vidal Contador – DEM – 0,37%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *