Eleições 2020: Começam as articulações pela Prefeitura de Prado


Jorginho do Guarani, Gilvan Produções, Luciano Mota, Vitor Arnal Filho até agora são os possíveis nomes.

A mais de um das eleições municipais de 2020, o cenário político em Prado ainda está indefinido, como era de se esperar. Nos bastidores, entretanto, fervilham as conversas e as costuras começam a ser feitas.

O sucessor da atual prefeita do Prado, Mayra Brito (PP), deverá ser realmente o então vereador e presidente da Câmara, Diógenes Ferreira Loures, o “Jorginho do Guarani” (PSL).

O vereador dá como praticamente certo sua candidatura e espera contar com o apoio do grupo do ex-prefeito de Prado e ex-secretário estadual de Desenvolvimento e Integração Regional, Wilson Brito.

O grupo do ex-vereador Gilvan Produções (PSD), cujo candidato foi derrotado em 2016 para Mayra Brito com 141 votos a menos, também se articula.

Nos bastidores, comenta-se sobre os possíveis nomes, como os do ex-secretário de saúde do município de Prado, Luciano da Mota e do empresário Victor Arnal Filho (dono da Pousada Ponta de Areia).

Uma grande mudança deve acontecer nas 11 cadeiras da Câmara de Vereadores de Prado. Tudo indica que serão poucos dos atuais parlamentares que conseguirão garantir a reeleição.

Até agora, porém, tudo é especulação. Definir um nome depende de potencial eleitoral; de vontade do candidato; e de um grupo de apoio com poder.

Eleições 2020

As Eleições de 2020 serão realizadas no dia 2 de outubro, em primeiro turno, e, no dia 25 de outubro, nos casos de segundo turno. Os eleitores votarão no próximo ano para eleger vereadores, prefeitos e vice-prefeitos em todo o Brasil.

A partir do dia 16 de agosto de 2020, os candidatos podem divulgar seus nomes como pretendentes dos cargos em que disputam e fazer propaganda de rua, nas redes sociais e na internet em geral.

Só do dia 26 de agosto de 2020 para frente é que os candidatos terão acesso à propaganda de rádio ou televisão.