Deputado que votou a favor da PEC-37 tenta se justificar; veja quem também foi a favor


Uma das grandes causas da manifestação que tomaram às ruas de grande parte do país foi atendida nesta terça-feira (25), a derrubada da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 37, que limitava os poderes de investigação do Ministério Público. Dentre o total de votos, nove deputados votaram a favor da proposta, entre eles, Sérgio Guerra (PSDB-PE), que tentou justificar o seu voto através da sua página oficial do Twitter.

Sérgio-Guerra

Segundo Guerra, ele se confundiu na hora da votação da proposta, mas diz ser contra a PEC e que seu voto foi compensado pela bancada do seu partido. “Houve uma pequena confusão e eu errei meu voto na PEC-37. Tanto sou contra a proposta que a bancada do meu partido fechou voto contrário”.

Sérgio-Guerra-tenta-justificar-voto

 

Além do voto de Sérgio Guerra, mais oito deputados votaram a favor da PEC-37, são eles, Abelardo Lupion (DEM-PR), Mendonça Prado (DEM-SE), Bernardo Santana de Vasconcellos (PR-MG), Valdemar Costa Neto (PR-SP), Eliene Lima (PSD-MT), João Lyra (PSD-AL), João Campos (PSDB-GO), e Lourival Mendes (PTdoB-MA), no qual os nomes já estão sendo compartilhados nas redes sociais como forma de repúdio. Já os deputados Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) e Paulo Cesar Quartiero (DEM-RR) se abstiveram e não votaram.

Fonte: O Correio

Os comentários estão desativados.