“Coringa” que executava para “Soca” tomba em confronto com o PETO de Alcobaça


Na última sexta-feira, 27 de abril, policiais militares da PETO da 88ª CIPM de Alcobaça, receberam uma denúncia anônima informando que um homicida que trabalha para o tráfico de drogas estaria em uma pousada no Centro de Alcobaça. Os militares chegaram ao local e montaram cerco, momento em que foram realizados disparos na direção dos policiais. Os militares buscaram abrigo e revidaram à injusta agressão.

O criminoso foi alvejado e, logo após, foi socorrido ao Hospital São Bernardo, em Alcobaça, onde foi constatado o óbito. Trata-se de Cláudio Reinaldo Monteiro Filho, 17 anos de idade, vulgo “Coringa” ou “Cearense”, que era executor do criminoso Jalperaz, o “Soca” (executado juntamente com os familiares). Segundo a Polícia, o “Coringa” estaria trabalhando para o traficante de vulgo “Sasha” e era apontado como autor de diversos homicídios e tentativas de homicídios em Alcobaça e região.

O adolescente foi apreendido recentemente por posse ilegal de arma de fogo e com o criminoso foi encontrado 01 revólver Taurus calibre 38, municiado com 06 cartuchos, sendo 02 intactos e 04 deflagrados. Os militares se deslocaram até Teixeira de Freitas, onde o caso foi registrado no Plantão Regional e a arma foi apresentada.

O caso será formalizado pelo delegado Ricardo Amaral, que emitirá guia de remoção. O corpo de Cláudio será encaminhado para o IML de Itamaraju, onde será submetido à necropsia. O delegado ouvirá os militares envolvidos na ação policial com resultado morte.