Prefeitura Municipal de Prado através da Secretaria de Saúde realiza exame gratuito para diagnóstico de glaucoma


_DSC4078

Está acontecendo na Prefeitura Municipal de Prado, a realização do Mutirão de exames de glaucoma. A ação é uma estratégia de trabalho da Prefeitura de Prado – Governo Mayra Brito através da Secretaria de Saúde, secretário Luciano Mota juntamente com a equipe de trabalho.

_DSC4105

Em resumo está sendo realizados mais de 400 exames de glaucoma com a equipe do ISOB – Instituto de Saúde Oftalmológica do Brasil Ltda.

_DSC4123

Para a senhora Maria Rosa, 62 anos, os exames gratuitos oferecidos pelo município garantem mais qualidade de vida e conforto, já que não precisam ir até outra cidade para fazer o exame. “A Prefeitura está completamente lotada de pessoas que possuem doença de olhos. Como não temos recursos financeiros para realizar o tratamento na visão, estão aproveitando a oportunidade para se tratar gratuitamente. A gente só tem a agradecer a Prefeita”, disse Maria Rosa.

_DSC4121

José da Conceição também destacou a iniciativa da Secretaria da Saúde. “De longe não vejo quase nada. Meus olhos ficam chorando. Agora, com esse exame que fiz, espero ter minha visão de volta. Por isso, eu agradeço a Prefeita por tudo que tem feito pelas pessoas carentes do meu município”, agradeceu o paciente.

_DSC4083

Para a secretário de Saúde, Luciano Mota, “o mutirão tem a finalidade de diagnosticar e tratar a doença ainda nos primeiros estágios, principalmente na população mais carente”. Ele lembra que além da consulta, quando a doença é diagnosticada, o paciente terá acesso imediato aos medicamentos e tratamentos necessários.

Por Claydson Motta | Prado Notícia

Unidades básicas de saúde‏ estão sendo equipadas com novas cadeiras de rodas


O município do Prado está cedendo ao uso várias cadeiras de rodas. O público alvo são pacientes com dificuldades de locomoção. A iniciativa, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, visa garantir maior qualidade de vida às pessoas com deficiência.

DSC 7373

Para estas pessoas a atual administração municipal está garantindo o direito de igualdade, na medida das suas desigualdades. Os primeiros beneficiados foram os pacientes atendidos nos postos de saúde de número 01, 02, 03, 06, 09 e 11.

De acordo com a Prefeita do Prado, Mayra Brito, a ação promove o bem-estar social, mais saúde e qualidade de vida para a cidadão pradense. “Garantir mais qualidade de vida ao nosso povo, que tanto precisa desse investimento, é uma das prioridades do governo municipal”, concluiu.

Prado: Equipes de Endemias intensificam ações de orientação e prevenção contra dengue


A Secretaria Municipal de Saúde de Prado, através do setor de Endemias, continua intensificando ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor do vírus da dengue. Além da visita às residências, a ação dos agentes de combate às endemias se estende na orientação e prevenção do surgimento de focos do mosquito.

201503170623422

O supervisor de endemias, Rafael Almeida, informou que é necessário a população ficar atenta ao trabalho de orientação e prevenção. “Os agentes continuam trabalhando a orientação e prevenção quanto ao surgimento de focos do mosquito. É importante que as pessoas busquem sempre cooperar com o trabalho dos agentes, ficando atentas às orientações, pois a prevenção ainda é mais importante”, explicou o supervisor.

DSC_1270

Os trabalhos estão sendo realizando diariamente na cidade de Prado e nos distritos de Cumuruxatiba, Corumbau e Guarani, além de um mutirão em São Francisco, Limeira e na praia de Guaratiba.

Ainda de acordo com o supervisor de endemias, hoje o índice de infestação no município de Prado é de 0,5. O mesmo alertou que a maior dificuldade na cidade, são as casas que ficam fechadas. No último ano, de 2014, foram registrados 1.116 casas fechadas.

20150317062342

É importante observar que o problema está dentro das nossas residências e as ações do Setor de Endemias precisam da colaboração de todos.

COMO COMBATER A DENGUE

A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.

Por Claydson Motta | Prado Notícia

Denúncia: Médico trata mal pacientes em Alcobaça


nany1

A situação da saúde publica não é muito boa no município de Alcobaça, no extremo sul da Bahia. Durante a noite deste sábado, dia 28 de março, a redação do site Alcobaça Notícias recebeu denúncias do mal atendimento na saúde pública do município. Algumas estão sendo publicadas nas redes sociais.

Além da humilhação da espera para conseguir ser atendido, segundo os próprios moradores da cidade de Alcobaça, os mesmos ainda passam pelo constrangimento de encarar médicos de má vontade e relapso no exercício da sua profissão, como é o caso de certo médico que está atendendo no Hospital Municipal São Bernardo. Esse médico devia voltar às cadeiras escolares, e aprender o básico, incluindo que não se deve tratar seres humanos com arrogância, com falta de respeito, sem o mínimo de consideração com o outro que se encontra a sua frente.

cats

Alias, diga se de passagem, nem objetos, nem seres humanos e nem animais devem ser tratados como esse “cidadão” tem se mostrado dentro do Hospital. É triste comprovar que nossa cidade ainda exista esse tipo de pessoa que foi acolhida pelos nossos representantes como se fossem bons profissionais e são pagos com nosso dinheiro e ainda nos tratam mal, com a maior cara de pau, disse um morador que não quis seu nome divulgado temendo algo pior.

Reclamações são muitas, mais às vezes não há quem ouça esses desabafos, ou melhor, nosso direito. Agora com esse veículo de comunicação, o site Alcobaça Notícias podemos estar denunciando os erros que vem acontecendo dentro do nosso município.

Segundo a denúncia, o certo “cidadão”, além de atender os pacientes com a cara amarrada, ao invés de consultar as pessoas com decência, mal ouve o relato do doente, e ainda por cima, quer dar uma lição de moral como se fosse o pai do paciente.

Francamente, ganha muito bem o nosso dinheiro suado, e tem obrigação de atender bem, se não quer atender, é só deixar o lugar. Fica a dica aos nossos administradores, para verificarem com mais cuidado os “profissionais” que atendem ao público, afinal “profissionais” desse tipo nós não precisamos.

Por Redação Alcobaça Notícias

Prefeitura de Prado realiza treinamento para o mutirão de combate ao glaucoma‏


Na manhã desta quinta-feira, 26, foi realizado na Câmara Municipal do Prado, treinamento para  o mutirão de combate ao glaucoma para os agentes de saúde, técnicos de enfermagem, enfermeiros e os profissionais da atenção básica.

DSC_3932

O objetivo do encontro foi apresentar o Programa de Glaucoma, traçar estrategias para busca ativa dos pacientes e tirar dúvidas.

De acordo com o Secretário de Saúde, Luciano Mota, esta é uma parceria do Governo Municipal com o Governo Federal.

DSC_3936

Na primeira semana do mês de Abril será realizado um mutirão com a finalidade de diagnosticar e tratar a doença ainda nos primeiros estágios, principalmente em pacientes hipertensos, diabéticos, pacientes que tem a doença e seus familiares e pessoas acima de 40 anos.”Além da consulta, quando a doença é diagnosticada, o paciente terá acesso imediato aos medicamentos e tratamentos necessários, gratuitamente”, concluiu Luciano Mota.

DSC_3940

O mutirão também visa chamar a atenção para a importância do diagnóstico precoce no combate a doença.
CEGUEIRA

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o glaucoma é a principal causa da cegueira irreversível, atingindo cerca de 65 milhões de pessoas anualmente em todo o mundo. A doença é caracterizada como uma lesão progressiva dos nervos óticos, responsáveis por levar os impulsos luminosos ao cérebro.

Os pacientes que são considerados com maior nível de risco são aqueles com mais de 30 anos, descendentes de africanos ou asiáticos, diabéticos, pessoas com problemas de pressão intraocular elevada, miopia, usuários de corticoides ou que tenham casos da doença na família.

Secretário de Saúde do Estado da Bahia visita Teixeira de Freitas para discutir melhorias


O subfinanciamento da saúde em todo o país é uma das preocupações dos gestores públicos para manterem as unidades de saúde funcionando. Isso acontece também em Teixeira de Freitas, como afirma o prefeito do município, João Bosco, “gastamos mensalmente R$ 13,5 milhões para atender toda a região e a pactuação com as cidades do entorno só reembolsa R$ 2,5 milhões”, afirma o prefeito.

Este assunto foi um dos pontos de pauta com o secretário da Saúde da Bahia, Fabio Vilas Boas, que visitou o Hospital Regional da cidade nesta segunda-feira (26), e se reuniu com 21 prefeitos da região.

secretario de saude da bahia em teixeira de freitas

De acordo com o secretário, uma das soluções para ampliar o volume de recursos é a construção de consórcios públicos intermunicipais, onde os entes consorciados rateiam os custos das unidades de saúde, possibilitando assim o reequilíbrio das finanças na manutenção de hospitais em Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs).

Núcleos Regionais de Saúde: Entre os questionamentos dos prefeitos sobre a extinção das 31 Diretorias Regionais de Saúde (Dires) e a criação de nove Núcleos Regionais de Saúde (NRS) destaca-se a logística de distribuição de medicamentos. Segundo Vilas-Boas, não haverá alterações nos processos de distribuição, pois serão mantidos pontos de apoio nos locais que forem necessários.

reuniao com prefeitos do extremo sul

Outro ponto de pauta foi a realocação de parte dos profissionais de saúde que estavam em serviços administrativos nas Dires e agora irão prestar serviços de assistência. “São mais de 700 profissionais entre médicos, enfermeiros técnicos de enfermagem e dentistas que poderiam estar prestando assistência direta à população” ressalta o secretário.

Um dos compromissos assumidos pelo titular da pasta da Saúde junto aos prefeitos foi o de adequação do repasse de recursos para os municípios, assim que o orçamento estadual for aberto. “A programação orçamentária de 2015 será rigorosamente cumprida. Quanto aos débitos referentes a 2014, haverá uma repactuação e escalonamento dos pagamentos”, afirma Vilas-Boas.

Municípios recebem apoio do Estado na prestação de serviços de saúde


Medidas para o fortalecimento da saúde dos municípios foram discutidas em uma reunião entre o secretário Fábio Vilas-Boas, a presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e prefeita de Cardeal da Silva, Maria Quitéria, e outros representantes de órgãos ligados à saúde na tarde desta sexta-feira (23), na sede da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

nucleosd-600x330

Entre as iniciativas adotadas e previstas estão a transformação das 31 Diretorias Regionais de Saúde (Dires) em nove núcleos regionais, a transferência de funcionários qualificados das Dires que ocupam funções administrativas para o atendimento à população, e a criação de consórcios municipais.

Segundo Fábio Vilas-Boas, o objetivo da criação dos núcleos regionais é empoderar os municípios e permitir que eles desempenhem a sua função constitucional de atenção básica à população. “Haverá a redução de 200 cargos comissionados, por diversos motivos. As 31 Dires possuem hoje cerca de 2 mil funcionários, nós queremos que o maior número possível – estimamos cerca de 1,5 mil – seja transferido para a atenção direta à população”.

Para a presidente da UPB, Maria Quitéria, as medidas anunciadas pelo secretário são uma iniciativa corajosa. “A gente acredita que, com esta disponibilidade dos funcionários que estão nas Dires para fazer um outro serviço para a sociedade, o Estado está buscando uma gestão que reduz custos e otimiza os serviços”.

Consórcios Segundo Vilas-Boas, os consórcios intermunicipais de saúde vão revolucionar o processo de regionalização e descentralização da área. “O governador Rui Costa se incumbiu de promover esta união dos municípios e fazer com que eles possam efetivamente gerenciar a saúde nas suas microrregiões, evitando que a população precise vir para Salvador e região metropolitana”.

O secretário disse ainda que os municípios vão se reunir, constituindo pessoas jurídicas de direito público. “Assim vão poder receber cofinanciamento do Estado e da União e dividir entre si uma parte das despesas, fazendo com que todos paguem um pouco pela assistência de todos”.  Maria Quitéria informou que um dos benefícios dos consórcios é a queda no preço das compras. “Isso é um sonho nosso, porque municípios pequenos e pobres poderão ter acesso a medicamentos e serviços com melhor preço, dinamizando o curso de uma demanda que tem uma carência muito grande. Tudo o que vai ser feito vai somar-se ao que já tem”.

POR ASCOM

Prefeita Mayra Brito entrega um veículo novo aos moradores de Corumbau‏‏


O distrito de Corumbau ganhou um importante reforço neste domingo, 18. A prefeita do Prado, Mayra Brito entregou, as chaves de um veículo novo, recentemente adquirido com recursos do município, para atender a população no suporte à saúde e das equipes médicas, para ampliar as visitas domiciliares.

DSC_0005

Segundo Mayra Brito, o Fiat/Palio vai oferecer mais condições da equipe médica garantir assistência às famílias do distrito de Corumbau e em toda a região. “Este veículo foi adquirido com o objetivo de melhorar o atendimento das famílias. Nosso governo vem trabalhando em todo o município, atendendo os anseios de toda a população. Isso é muito gratificante”, afirmou.

DSC_0027

Acompanha de sua comitiva, a prefeita visitou a escola – reformada recentemente – e as obras de construção da quadra. 

DSC_0026

O Chefe de gabinete da Secretária de Recursos Hídricos, Wilson Brito, acompanhou a prefeita e sua comitiva. Wilson Brito destacou a importância do veículo para o município, aumentando a eficiência do serviço público de saúde. “O carro vai facilitar o deslocamento dos pacientes e das equipes da saúde, somando e melhorando o atendimento prestado na administração de Mayra Brito”, concluiu.

Por ASCOM | PRADO
 

Ministério da Saúde autoriza troca da ambulância do SAMU de Prado‏‏


O município do Prado vai receber uma nova ambulância para o resgate no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

A informação é de Thabata Pires Cardoso, coordenadora do SAMU no município do Prado, órgão que está vinculado à Secretaria Municipal de Saúde.

nova_ambulancia_do_samu
Ministério da Saúde autorizou uma nova ambulância para o SAMU de Prado

Segundo Thabata, a ambulância vem apresentando diversas falhas mecânicas, mesmo sendo cumpridas todas as revisões periódicas, determinadas pelo Ministério da Saúde. “Com o tempo de uso e a alta quilometragem, surgem os problemas, muitas vezes, dificultando os atendimentos à população”, pontua.

O Ministério da Saúde autorizou o envio de uma nova ambulância depois de analisar o pedido de substituição da atual que atende ao município, com quase cinco anos de uso e uma quilometragem de 94.946 km.

De acordo com Rosângela Souza, Secretária Municipal de Saúde, o pedido de substituição desta ambulância foi encaminhado ao Ministério da Saúde, ainda em 2014. “Assim que encaminhamos o pedido de substituição, o Ministério da Saúde logo autorizou a troca. O trâmite já foi resolvido. O município está apenas aguardando a liberação do veículo”, concluiu.

Prefeitura do Prado convida para palestra da Campanha Novembro Azul‏


Na próxima sexta-feira, dia 28, a Secretaria de Saúde de Prado realiza palestra abordando a saúde do homem e os cuidados com o câncer de próstata. O palestrante será o médico urologista, Thales Ubaldino.

novembroazul

O evento será realizado na Câmara Municipal de Vereadores, a partir das 16 horas. Além de palestras, serão oferecidos serviços de PA, glicemia e testes rápidos de doenças sexualmente transmissíveis (HIV).

Esta é mais uma ação da campanha Novembro Azul. Ao longo de todo o mês as unidades básicas de saúde da rede municipal trabalharam a conscientização de pacientes sobre os riscos da doença, sobretudo, naqueles com idade superior aos 40 anos.

Por ASCOM