Após perseguição e troca de tiros mulher é presa em Alcobaça


Alcobaça: Compareceu na Delegacia Territorial de Alcobaça, na tarde desta segunda-feira, 18 de junho, uma guarnição da Polícia Militar, apresentando a nacional Wilza Santos Miranda. Segundo os militares, a guarnição estava fazendo abordagens próximo ao Trevo de Alcobaça, uma vez que já havia tido informações sobre um veículo Ônix, de cor preta, que estaria circulando na região e que teria sido o veículo que conduzia os suspeitos do duplo homicídio, ocorrido no último sábado (16 de junho), o qual vitimou Jarlison dos Santos Azevedo, vulgo “Cafezinho” e Fábio Teixeira Conceição, vulgo “Fabinho”.

Já próximo ao Posto Camaleão, a guarnição avistou um veículo com as mesmas características, seguindo em direção à cidade do Prado. De imediato, os militares deram ordem de parada ao motorista, que não obedeceu aos militares e ainda jogou o veículo para cima de um deles, que conseguiu sair da ação do criminoso. Os militares, então, foram atrás do veículo, e fizeram o acompanhamento. Poucos quilômetros depois, próximo a um arbusto, os ocupantes desceram do veículo e saíram correndo para o meio do mato. Um deles, de arma em punho, começou a atirar na direção dos policiais, que revidaram à injusta agressão.

Os militares identificaram o indivíduo que estava atirando, sendo ele Júlio Rodrigues Pinto, vulgo “Badjula”, velho conhecido da polícia por traficar drogas em Alcobaça e região. Os suspeitos continuaram correndo, e em certo momento pararam de atirar. Os policiais continuaram as buscas e encontraram a conduzida Wilza, que se identificou como companheira do “Badjula”. O Júlio conseguiu fugir e a guarnição retornou ao veículo onde foram encontrados 64 buchas de maconha, pesando aproximadamente 104 gramas, a quantia de R$ 146,25 e um carregador de pistola taurus 380 com duas munições intactas, além de documentos pessoais da Wilson e do Julio.

Após consultar o veículo, os militares descobriram que o mesmo estava portando uma placa policial adulterada, qual seja OYJ 3952, sendo a verdadeira placa LSN 7571, de um veículo licenciado no Rio de Janeiro, com restrição de furto e roubo. Questionada sobre o duplo homicídio, a acusada disse que não teve nenhuma participação, mas comentou que o “Badjula” lhe confessou ter matado os dois, o Jarlison e o Fábio, e que o crime foi cometido juntamente com o comparsa, identificado como “Bagre”, mas que ela não o conhece, apenas sabe o que o “Badjula” comentou.

Questionada sobre a droga e sobre o carregador, a Wilza disse que não tem nada a ver, e que ela não trafica drogas e nem usa arma e que todo material pertence ao “Badjula”. Após oitiva dos policiais e da acusada, o delegado flagranteou a Wilza por tráfico e associação ao tráfico (Art. 33 e 35), receptação (Art. 180) e posse de munição (Art. 14). A acusada segue custodiada na carceragem da Delegacia territorial de Alcobaça e deverá ser recambiada para a Ala Feminina do Conjunto Penal DE Teixeira de Freitas. A Polícia Civil seguirá investigando o Badjula e deverá pedir a sua prisão preventiva.

Eunápolis é a segunda cidade mais violenta do país


As dez cidades com maiores taxas de assassinatos no Brasil têm nove vezes mais pessoas na extrema pobreza do que as cidades menos violentas. É o que indica o Atlas da Violência 2018 sobre os municípios com dados referentes a 2016. Das dez cidades mais violentas nesse estudo, 05 estão na Bahia, com destaque para Eunápolis (2ª Colocada no Ranking), que só perdeu para Queimados no Rio de Janeiro, e também para Porto Seguro, ambas cidades do Extremo Sul.

Segundo o estudo elaborado pelo IPEA e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgado nesta sexta-feira (15), os dez municípios com mais de 100 mil habitantes e com menores taxas de homicídios têm 0,6% de pessoas extremamente pobres, enquanto os dez mais violentos têm 5,5%, em média. No total, o Brasil tinha 309 municípios com mais de 100 mil pessoas em 2016.

“Os indicadores mostram diferenças abissais entre as condições de desenvolvimento humano, começando pela taxa de mortes violentas, que, no último grupo, foi mais de dezesseis vezes maior”, diz o estudo. “Basicamente mostramos que municípios com melhores níveis de desenvolvimento – e aqui falamos de habitação, educação, inserção no mercado de trabalho, dentre outros – também concentram menores índices de homicídio. Ou seja, estamos falando de pobreza, mas principalmente, estamos falando de vulnerabilidade econômica e de desigualdade”, afirma Samira Bueno, diretora executiva do Fórum.

Para Samira, os indicadores mostram o “equívoco de políticas de enfrentamento da violência focadas apenas no policiamento e em estratégias repressivas”. “O estado não é capaz de oferecer condições básicas de vida e cidadania para parcelas significativas da população, e justamente essas pessoas, que vivem em condições de inserção precária no mercado de trabalho, evadem da escola muito cedo, habitam em territórios sem infraestrutura são os que mais ficam vulneráveis à violência”.

Com a publicação do estudo, diversos internautas opinaram sobre o assunto, alguns concordando, outros discordando. “A pobreza pode até contribuir para o aumento da violência, mas, não é ela que gera a criminalidade. A Índia tem uma taxa de homicídios 8 vezes menor que a do Brasil. A China tem uma taxa 30 vezes menor. Há vários países pobres, muito mais seguros que o Brasil.O problema aqui é que o crime se tornou um problema cultural,se tornou um modo de vida para muita gente. Mas isso a sociedade não quer admitir, argumentou o internauta Auto Silva.

“Muitos negam a realidade, e preferem dizer que os bandidos são coitadinhos. Mas o fato é que ninguém é obrigado a virar bandido. A maioria dos pobres não vira bandido. Mais de 90% dos presidiários brasileiros são homens, a maioria tem o mesmo perfil. Mas por que as mulheres não cometem tantos crimes quanto os homens? Não há mulheres pobres no Brasil? Isso eles não explicam”, complementou.

Teixeira que sempre aparecia entre as 10 cidades mais violentas, não apareceu nessa lista. Desde o segundo semestre de 2016 que tem havido uma maior intensificação dos órgãos de segurança para conter o aumento da violência na cidade. Em 2017 houve uma redução significativa, e a expectativa é que em 2018 os números sejam ainda mais favoráveis, diante do brilhante trabalho realizado de forma ostensiva e operacional da 87ª CIPM, comandado pelo Major Silvio Nunes e pelos números recordes de elucidação de homicídios, realizados pela equipe do NHT, coordenado pela delegada Valéria Chaves.

Com informações do G1

Prado: Polícia Civil recupera objetos furtados em Guarani


A Polícia Civil do Prado após intensas Investigações, conseguiu recuperar os bens que haviam sido furtados de um imóvel no Distrito do Guarani no fim de semana passado.

Uma televisão da Marca AOC de 43 polegadas, uma misteira, um receptor de parabólica, um DVD da marca Philco, além de outros bens que ainda estão sendo investigados referente a seus proprietários já estão na Delegacia.

A Polícia Civil gostaria de esclarecer a todos, a necessidade de se fazer o Registro de Ocorrência de um fato delituoso, porque em muitos casos os proprietários não o fazem e com isso a Polícia Civil não tem a informação sobre o fato delituoso ocorrido, não conseguindo efetuar o planejamento de suas ações, dificultando ainda mais os resultados.

O S.I. da DT do Prado agradece a toda a comunidade de bem pelos informes trazidos e que ajudaram na localização dos bens furtados.

Por ASCOM

Mulher é acusada de jogar água fervente nos órgãos genitais do ex-marido em Medeiros Neto


José Luciano da Silva, de 50 anos, teve os seus órgãos genitais queimados por água fervente na tarde desta última segunda-feira (04), no bairro Olaria, em Medeiros Neto.

A vítima contou que havia acabado de chegar do trabalho e conversava sentado com um amigo, quando sua ex-mulher, que mora próximo à sua casa chegou com uma vasilha com água fervente e jogou sobre ele.

A vítima teve queimaduras no tórax e nos órgãos genitais. Ele foi encaminhado para o hospital pela Polícia Militar e logo depois uma guarnição fez buscas pela acusada, que não foi localizada.

Apesar de ter sofrido queimaduras fortes o estado de saúde da vítima não é considerado grave, apesar dele continuar internado. A polícia ainda informou que no mês de abril a acusada já havia agredido o ex-companheiro com uma alavanca.

A expectativa é que a mulher responda por lesão grave. (Da redação TN)

Adolescente de 15 anos é a terceira vítima de disparos de arma de fogo no Bairro São Lourenço


Teixeira de Freitas: Na noite desta quarta-feira, 30 de maio, o clima de terror e medo no Bairro São Lourenço em Teixeira de Freitas fez mais uma vítima de disparos de arma de fogo. A vítima foi identificada como sendo, Rick Ronald Santos Rocha, 15 anos de idade, que foi baleado na Rua Ítalo Aurélio e, logo após, foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento, necessitando ser transferido para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF).

Policiais militares do 2° Pelotão estiveram no HMTF colhendo informações sobre o caso. Mas, ao ser questionado sobre como teria acontecido o caso, a vítima não quis falar. A vítima foi atingida por apenas um disparo de arma de fogo, que atingiu as costas e acabou transfixando. O mesmo será submetido à procedimentos médicos e, logo após, deverá ser ouvido pelo delegado plantonista, Maderson Souza Dias.

O caso será encaminhado para o Núcleo de Homicídio e Tráfico, que irá apurar e investigar o ocorrido.

Fonte LiberdadeNews

Chamada da Morte: Jovem recebe ligação para realizar serviço e é executado no Jardim Planalto


Teixeira de Freitas: No início da noite desta terça-feira, 22 de maio, a Central de Polícia Militar foi informada de um homicídio ocorrido na Rua dos Girassóis, no Bairro Jardim Planalto. Uma guarnição da 87ª CIPM esteve no local e encontrou o corpo de um jovem, dentro de um veículo. Os militares preservaram o local até a chegada da Polícia Civil. Segundo informações, a vítima recebeu uma ligação para realizar um serviço de refrigeração e disse ao pai que iria até o local. Assim que chegou na referida Rua, o jovem parou o veículo e um motociclista encostou e efetuou os disparos.

A vítima foi identificada como sendo, Mateus Souza Guimarães, 24 anos de idade, morador do Bairro Bonadimam. Mateus prestava serviços para a empresa Ar City, e segundo informações preliminares, possuía passagem pela Delegacia de Polícia Civil de Teixeira de Freitas. A delegada plantonista, Andressa Carvalho, juntamente com o investigador Aldo Pereira, esteve no local, realizando os trabalhos de levantamento cadavérico. A delegada solicitou perícia e uma equipe do Departamento de Polícia Técnica, liderada pelo perito Danilo Bastos, esteve no local realizando o trabalho pericial.

A vítima estava no interior de uma pick up Fiat/Strada Fire Flex, branca, placa policial JRM 4032, licenciada em Teixeira de Freitas, que era usada para serviço. Os peritos realizaram os trabalhos e identificaram 06 perfurações, sendo na cabeça, costas e braço esquerdo. No local não foram encontrados estojos nem projéteis, e a principal suspeita é que tenha sido usado um revólver na ação.

Após perícia prévia no local do crime, a delegada autorizou remoção do corpo para o IML de Teixeira de Freitas, onde será submetido à necropsia. A passagem de Mateus aconteceu em 2013, quando ele foi preso, juntamente com menores infratores e, na ação, um adolescente tombou em confronto com a PM. Na ocasião, a ação resultou na recuperação de uma moto roubada e a informação dava conta de que a quadrilha agia há alguns meses na cidade.

A delegada colheu informações acerca do fato e uma linha de investigação é de que possivelmente seja um crime passional. Essa informação ainda não foi confirmada mas, a delegada ouvirá algumas pessoas ainda nesta terça-feira, é nenhuma outra linha de investigação será descartada. O corpo será submetido à necropsia na próxima quarta-feira (23) e, logo após será liberado aos familiares para velório e sepultamento.

Informações do LiberdadeNews

PETO prende dupla de moto com drogas em Caravelas


A prisão aconteceu no fim da tarde deste sábado, por volta das 18hs20, na BR-418 sentido ao distrito de Juerana em Caravelas.

De acordo com informações, os policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), receberam uma denuncia de que dois indivíduos teriam ido até Juerana distrito de Caravelas buscar drogas.

Com a dupla os militares encontram dentro de uma pochete três pedaços de maconha enrolado em sacola plástico, pesando aproximadamente 148 gramas.

A dupla foi apresentado ao delegado do plantão regional Bruno Ferrari, que devera tomar as devidas providências.

NHT da 8ª COORPIN elucida homicídio de “Pé de Mapa” e remete inquérito policial para a Justiça


Teixeira de Freitas: O Núcleo de Homicídio e Tráfico da 8ª COORPIN concluiu o inquérito policial do homicídio consumado, ocorrido no dia 14 de abril deste ano, entre a Rua “D” e a Rua “J”, no Bairro Residencial Ramalho, cuja vítima identificada como sendo Adriano Oliveira dos Santos, o “Rato” ou “Pé de Mapa”, foi brutalmente assassinado com 51 facadas pelo corpo. Segundo as investigações, o motivo teria sido a cobrança de uma dívida, tendo os autores sido identificados como Uenes da Luz de Oliveira, o “Nego Uenes”, 28 anos de idade e um adolescente de 16 anos de idade.

Na ocasião do crime, os delegados Maderson Souza e Gean Nascimento realizaram o levantamento cadavérico e deram início às investigações. Após os procedimentos de praxe, o caso seguiu para o NHT, aos cuidados do delegado Manoel Andreetta, o qual promoveu o desenvolvimento das investigações junto à Equipe do NHT, quando então, soube-se que, na madrugada do dia do crime, a vítima participado de uma festa aberta ao público, ocorrida no Bar Point do Leal, no Bairro Ulisses Guimarães, local onde teria ingerido bebidas alcoólicas em excesso, e havia se envolvido em uma discussão com o Uenes e seu sobrinho adolescente.

O motivo da discussão teria sido desavenças e ameaças de morte, advindas da cobrança de uma dívida oriunda da compra de um cordão de prata que a vítima teria adquirido do autor, no valor de R$ 150,00. Após a discussão ocorrida na Festa, tio e sobrinho se armaram com duas facas de cozinha e saíram atrás da vítima Adriano, com o claro objetivo de mata-lo, utilizando a motocicleta Honda NXR 150 BROS, de cor branca, de propriedade de “Nego Uenes”. Quando o tio e o sobrinho encontraram o Adriano, passaram a golpeá-lo a esmo com as facas, atingindo-a por várias vezes.

Os autores do crime confessaram espontaneamente e sem qualquer tipo de constrangimento a prática do delito, apresentando as armas utilizadas para cometerem o crime. O procedimento foi devidamente finalizado, saneado e relatado pelo delegado Manoel Andreetta. Os dois acusados encontram-se à disposição da Justiça.

“Coringa” que executava para “Soca” tomba em confronto com o PETO de Alcobaça


Na última sexta-feira, 27 de abril, policiais militares da PETO da 88ª CIPM de Alcobaça, receberam uma denúncia anônima informando que um homicida que trabalha para o tráfico de drogas estaria em uma pousada no Centro de Alcobaça. Os militares chegaram ao local e montaram cerco, momento em que foram realizados disparos na direção dos policiais. Os militares buscaram abrigo e revidaram à injusta agressão.

O criminoso foi alvejado e, logo após, foi socorrido ao Hospital São Bernardo, em Alcobaça, onde foi constatado o óbito. Trata-se de Cláudio Reinaldo Monteiro Filho, 17 anos de idade, vulgo “Coringa” ou “Cearense”, que era executor do criminoso Jalperaz, o “Soca” (executado juntamente com os familiares). Segundo a Polícia, o “Coringa” estaria trabalhando para o traficante de vulgo “Sasha” e era apontado como autor de diversos homicídios e tentativas de homicídios em Alcobaça e região.

O adolescente foi apreendido recentemente por posse ilegal de arma de fogo e com o criminoso foi encontrado 01 revólver Taurus calibre 38, municiado com 06 cartuchos, sendo 02 intactos e 04 deflagrados. Os militares se deslocaram até Teixeira de Freitas, onde o caso foi registrado no Plantão Regional e a arma foi apresentada.

O caso será formalizado pelo delegado Ricardo Amaral, que emitirá guia de remoção. O corpo de Cláudio será encaminhado para o IML de Itamaraju, onde será submetido à necropsia. O delegado ouvirá os militares envolvidos na ação policial com resultado morte.

“Ita” morre em confronto com a CAEMA no interior do Prado


Por volta das 22h00, desta segunda-feira, 23 de março, após receber informações da existência de indivíduos armados, no povoado de São Francisco, popularmente conhecido como Pau Rancado, efetuando disparos em via pública, equipes da CAEMA se deslocaram até o local, com intuito de checar a veracidade das denúncias. Ao chegar na localidade, foi realizado rondas, momento em que os policiais se depararam com um indivíduo com arma em punho, e que ao notar a presença da guarnição, passou a efetuar disparos contra os agentes.

Na fuga, o suspeito adentrou em uma residência, momento em que foi realizado o cerco policial e dado voz de prisão ao suspeito, que reagiu com mais disparos contra a guarnição. Foi feito o revide à injusta agressão, até cessaram os disparos por conta do opositor. Ao adentrar na residência, o indivíduo foi encontrado caído, com um revólver ao lado do seu corpo. De imediato foi prestado socorro até a UPA do Prado, onde o elemento não resistiu e foi a óbito sendo constatado pela equipe médica de plantão.

Na residência ainda foram encontrados 01 balança de precisão, 06 buchas de maconha, 03 pinos de cocaína e 08 pedras de crack, o revólver calibre 38 Taurus, NJ 135656, com 05 munições deflagradas e 01 intacta. Os materiais foram apresentados na Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, para que fossem adotadas as providências cabíveis. O suspeito foi posteriormente reconhecido como sendo Joscélio de Aquino Santos, vulgo de “Ita”, ou “Preto”, ex-comparsa de “Tiago 157”, responsável pelo cometimento de diversos crimes na região, dentre eles, tráfico de drogas e homicídios.

O corpo foi removido ao IML de Itamaraju, onde será necropsiado. Um inquérito policial será instaurado pela Polícia para apurar as circunstâncias da intervenção policial com resultado morte.