Governo divulga resultado provisório de concurso para soldado da PM


A Polícia Militar da Bahia (PMBA) publicou no Diário Oficial do Estado deste sábado (20) o resultado provisório com a lista dos classificados no concurso para o Curso de Formação de Soldados (CFSd) da corporação. Ao todo, foram convocados aproximadamente 2.500 candidatos.

Após a realização da prova teórica em agosto, os candidatos aprovados foram convocados dois meses depois para realizarem o Teste de Aptidão Física (TAF), as avaliações médica, odontológica e psicológica. Eles também passaram por investigação social e entregaram toda a documentação necessária e exigida em edital.

No Diário Oficial desta sexta também foi publicado o cronograma das próximas etapas, que envolvem entrega dos laudos aos candidatos, interposição, julgamento, devolução e resultado dos recursos, datas para novos exames, resultado final e apresentação para matrícula, que está prevista para 27 de março.

O resultado final do certame será divulgado em 24 de março e os aprovados já poderão se matricular três dias depois. Os futuros soldados irão estudar, durante nove meses de curso, no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), e aprenderão disciplinas como Direitos Humanos, Abordagens, Tiro Policial, Policiamento Comunitário, Legislação, Policiamento de Trânsito, entre outras, além de passarem por estágio operacional antes de reforçarem o policiamento em todo o estado.

A PM orienta que o candidato acompanhe as publicações do Diário Oficial, pois as datas do cronograma podem sofrer alterações.

Por ASCOM

Wagner vai acompanhar julgamento ao lado de Lula em SP: ‘É bom estar perto do amigo’


O ex-governador e atual secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia. Jaques Wagner, vai acompanhar o julgamento da apelação do ex-presidente Lula, marcada para o dia 24 de janeiro, ao lado do petista, em São Paulo.

“Na terça, vou estar em Porto Alegre o dia inteiro. No dia 24, sigo para São Paulo para acompanhar o julgamento do ex-presidente Lula. Eu acho que, nessa hora, é bom estar perto do amigo”, afirmou Wagner nesta sexta-feira (19), em entrevista ao Blog do Thame, de Itabuna.

A defesa do ex-presidente tenta reverter, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), a condenação imposta pelo juiz Sérgio Moro, de nove anos e seis meses de prisão. O ex-governador ainda voltou a dizer que acredita a sentença de Moro não é fundada em provas.

“Sou daqueles que acredita que a gente chegará a ter um julgamento justo. Não vou desistir de imaginar que os julgadores terão bom senso de ver que tudo é mera ilação, não há prova, não há consistência. Não se trata de um julgamento normal, se trata muito mais de uma obsessão pela condenação”, criticou.

Líder do PP ironiza Meirelles e diz que ele não fez concurso para ser ministro


BRASÍLIA — Em meio à crise na Caixa Econômica Federal (CEF), o líder do PP na Câmara, deputado Arthur Lira (AL), criticou nesta sexta-feira as manifestações do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, contra as indicações políticas. Lira ironizou Meirelles, dizendo que a indicação dele para o cargo também foi política, e afirmou que a postura dele pode atrapalhar na aprovação da reforma da Previdência.

— Meirelles não foi indicado por nenhum Conselho e nem fez concurso para ser ministro da Fazenda, que eu saiba. Ele foi indicado. Ele tem que dar provas concretas de que quer votar a reforma da Previdência, deixar de contestar a política. Sem a política, não se faz nada — disse Lira ao GLOBO, acrescentando: — Quem quer ajudar, não atrapalha.

O deputado lembrou que, antes de tornar-se presidente do Banco Central, no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Meirelles foi eleito deputado federal, em 2002.

— A única coisa que ele fez foi campanha a deputado por Goiás e ainda numa cidade que era de Tocantins — ironizou.

O PP é o partido do presidente da Caixa, Gilberto Occhi, e iniciou uma blindagem em torno dele. Lira adotou o discurso de outros aliados de que aqueles que cometerem erros devem ser afastados e sair, e que o assunto se encerra aí, ou seja, que estaria havendo exagero neste processo da CEF.

— A Fazenda e o Banco Central estão na estratégia de tomar a CEF para si e acho que não é por aí. O Occhi é um funcionário da CEF há 40 anos. E se tiverem condutas erradas destes afastados, vão sair — disse o líder do PP.

Os demais partidos também afirmam que as indicações políticas sempre existirão e que apenas haverá mais filtros técnicos, como a decisão desta sexta-feira da CEF de que as nomeações dos dirigentes passem pelo Conselho de Administração do banco, e deixam de ser prerrogativa do presidente da República. O Palácio do Planalto sabe que os partidos querem continuar tendo influência e indicando nomes para os cargos.

Antes mesmo do caso da Caixa, os aliados reclamavam que o ministro da Fazenda já vinha atuando como pré-candidato a presidente em 2018 e que foi responsável por “enterrar” a reforma num primeiro momento, quando afirmava que os brasileiros teriam que trabalhar 49 anos para se aposentar.

Os partidos estão irritados com o que consideram intromissão excessiva do Ministério Público e do Judiciário nas ações de governo. O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), verbalizou isso na quinta-feira, ao reclamar da “interferência brutal” do MP e do Judiciário nas decisões do presidente.

— O presidente teve que afastar porque não queria mais colocar o dedo nestas nomeações. Mas os partidos vão continuar indicando nomes para o governo — resumiu um outro aliado.

O próprio presidente Michel Temer desabafou com aliados em relação à crise da Caixa. Segundo aliados, Temer afirmou que esse cerco poderá afetar a imagem da CEF.

— Ele reclamou que querem satanizar a CEF, desmoralizar as instituições — contou um aliado.

Com informações do O Globo

Dilma: Eu já sabia que Aécio era playboy, mas não tão ladrão assim


Derrubada pelo golpe liderado pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), em parceria com Eduardo Cunha, condenado a mais de 15 anos de prisão, a presidente deposta Dilma Rousseff afiou as garras contra o parlamentar mineiro, contra quem pode disputar uma vaga no Senado, em 2018; “Minha filha, quem é que não sabia quem era Aécio, pô? Fui presidente da República, você acha que não tenho uma avaliação do Aécio? Não sabia que ele era tão ladrão, mas que ele era superficial, irresponsável, playboy, inconsequente, e que a mídia o protegia, eu sabia”, afirma; responsável direto pela destruição da democracia brasileira, Aécio é investigado em mais de nove inquéritos, acusado de receber propinas de mais de R$ 50 milhões de várias empreiteiras; blindado, virou o símbolo da impunidade no Brasil.

Derrubada pelo golpe liderado pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), em parceria com Eduardo Cunha, condenado a mais de 15 anos de prisão, a presidente deposta Dilma Rousseff afiou as garras contra o parlamentar mineiro, contra quem pode disputar uma vaga no Senado, em 2018.
“Minha filha, quem é que não sabia quem era Aécio, pô? Fui presidente da República, você acha que não tenho uma avaliação do Aécio? Não sabia que ele era tão ladrão, mas que ele era superficial, irresponsável, playboy, inconsequente, e que a mídia o protegia, eu sabia”, disse ela, em entrevista ao jornal gaúcho Zero Hora.
“A irresponsabilidade desse rapaz é assustadora para o seu país, mostra que isso é a visão do playboy, que quer, sobretudo, usufruir da vida, não quer dar nada em troca”, afirmou.
Responsável direto pela destruição da democracia brasileira, Aécio é investigado em mais de nove inquéritos, acusado de receber propinas de mais de R$ 50 milhões de várias empreiteiras – seja por esquemas em Furnas, na Cemig ou na construção da Cidade Administrativa. Aécio foi também fisgado nos esquemas da JBS, em que negocia propinas e fala até em matar o primo, mas vem sendo blindado pela Justiça.
Com informações do Brasil247

Carletto Nega Conversas Com Neto, Mas Admite Articulação Envolvendo Pros E PR


O deputado federal Ronaldo Carletto (PR) negou que esteja em conversas com o prefeito ACM Neto (DEM) para obter, no grupo político dele, uma vaga ao Senado na chapa majoritária da possível candidatura do democrata ao governo estadual.

No entanto, admitiu que articula o fortalecimento do Pros na Bahia para se cacifar na disputa pelo espaço, seja na majoritária de Neto ou na do governador Rui Costa (PT), a quem apoia atualmente.

Questionado pelo Bahia Notícias se foi procurado por interlocutores do prefeito de Salvador para negociar o rompimento com o petista e apoio ao grupo político dele no pleito de outubro, o parlamentar disse que o assunto não chegou nem a ser ventilado. “Hoje, estamos aliados de um grupo político.

A gente não pode adiantar qualquer outra coisa sem antes passar pelo governador”, afirmou. De acordo com informações que circulam entre quem acompanha de perto tanto as articulações conduzidas por Neto quanto por Carletto, o democrata quer atrai-lo para o seu grupo pensando no espólio eleitoral que o deputado está construindo.

Se de um lado ele viabilizou o Pros na Bahia, levando para a sigla três deputados estaduais, por outro tenta dar mais musculatura ao PR. Caso consiga selar a mudança partidária, levaria para os republicanos um outro grupo de deputados estaduais e federais.

Com isso, Carletto poderia se tornar um aliado de peso no pleito. Já quanto ao deputado, esta operação é uma forma de barganha: o baiano fica com quem der a ele vaga para o Senado na majoritária. “O Pros vai ter candidato a deputado estadual e federal, tem muita gente já filiada.

É um diretório, não é mais provisório. Estamos filiando muita gente ao partido”, explicou o deputado, que tem o chefe de gabinete Vivaldo Reis como presidente do partido na Bahia. Essa relação pessoal, segundo Carletto, “fala por si” sobre as pretensões dele com a sigla.

O deputado, no entanto, negou que condicione a entrada no PR à indicação do seu nome, pela legenda, à vaga para o Senado. “Política é a arte da conversa. Se eu estivesse me adiantando, estaria cometendo um erro”, refutou. Ele ainda disse concordar com a declaração do governador Rui Costa de que, “efetivamente”, PP e PSD estariam na sua majoritária por causa da estrutura partidária das agremiações.

No entanto, deu um recado sobre as articulações com vistas à montagem da chapa. “Tanto como PP quanto PSD têm possibilidade de ficar na chapa. São aliados de primeira hora do governador. Mas, em política, vale o quanto se pesa. Na hora H, se tiver farinha no saco, se outros partidos estiverem em melhores condições, eles podem levar”, avaliou.

Vídeo: Day Mccarthy queima a bíblia e chama evangélicos de “lixo”


Mais um vídeo polêmico de Day McCarthy começou a circular pela web. E desta vez seu alvo são os evangélicos.

A ex-garota de programa aparece lendo um trecho do Salmo 91 e, em seguida, retira um isqueiro de seu sutiã e coloca fogo no livro.

“Um salmo para os crentes que falaram que eu não sou filha de Deus, que eu tenho pacto com o diabo, que eu sou uma pessoa do demônio. Vou ler um salmo para vocês”, diz ela no início do vídeo.

Mais um vídeo polêmico

Publicado por Prado Notícia em Sábado, 30 de dezembro de 2017

Em seguida, ela coloca fogo no livro e dá uma risada maléfica. “Crente merda, crente lixo, queima no inferno suas pestes, capeta”, encerra.

Day McCarthy é conhecida na internet pelos xingamentos proferidos contra Titi (filha de Bruno Gagliasso), Anitta, Rafaella Justus (filha de Ticiane Pinheiro e Roberto Justus) e Alexandre (filho de Ana Hickmann).

Acidente na BA 290 deixa ocupantes de Pick-up Strada feridos na rodovia


Policiais militares do 4° Pelotão da Polícia Rodoviária Estadual de Teixeira de Freitas receberam informações, por volta das 15h00, na tarde desta segunda-feira (25), que um veículo teria se envolvido em um acidente na BA 290, no trecho entre os municípios de Teixeira de Freitas e Medeiros Neto. Uma guarnição foi deslocada para o local para averiguação das informações.

Ao chegarem no local, sendo no Km 30 da referida rodovia, os militares confirmaram o fato, encontrando um veículo de modelo Fiat/Strada, de cor vermelha, placa policial MTC 7624, licenciado no município de São Mateus/ES, e que era sendo conduzido por Ademilson Pinheiro Novais, de 38 anos, morador do referido município capixaba. Além do motorista, outras  quatro pessoas estavam no veículo, sendo dois deles menores de idade.

Segundo as informações colhidas no local pelos militares, o veículo rodou na pista, vindo a capotar em seguida, saindo da rodovia, e parando dentro dos matos, nas margens da rodovia. Mas, por mais que o veículo apresentasse muitas avarias, nenhum dos ocupantes tiveram lesões graves, apenas, escoriações. As vítimas foram atendidas pelo SAMU, e conduzidos para a UPA, onde passarão por avaliações complementares no atendimento médico. O veículo foi conduzido para o pátio do guincho, ficando à disposição do proprietário, já que não houve vítimas. O caso foi registrado na Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas.

Tiririca usou cota parlamentar para viajar a locais onde faria show de humor


O deputado federal Tiririca (PR-SP) usou recursos da cota parlamentar para comprar passagens aéreas para ele e seus assessores com destino a locais onde ele apresentaria seu show de humor. No último dia 6, o deputado disse em discurso na tribuna da Câmara que deixará a política “triste para caramba” e “com vergonha” por causa do que acontece no Congresso.

17/04/2016- Brasília- DF, Brasil- Sessão especial para votação do parecer do dep. Jovair Arantes (PTB-GO), aprovado em comissão especial, que recomenda a abertura do processo de impeachment da presidente da República. Na foto, Dep. Tiririca (PR-SP).
Foto: Nilson Bastian/ Câmara dos Deputados

De acordo com O Globo, o dinheiro da cota parlamentar, usado por Tiririca, é destinado ao custeio de gastos exclusivamente vinculados ao exercício da atividade de deputado. Em 11 de agosto deste ano, Tiririca pagou R$ 2.746,52 com destino ao Aeroporto Regional do Vale do Aço, em Ipatinga (MG). No mesmo dia, ele se apresentaria me Teófilo Otoni (MG), próxima à cidade onde ele desembarcou. Já no dia seguinte, 12, o show seria no próprio município de Ipatinga.

O dinheiro da cota também foi usado para comprar passagens dos assessores. Em 6 de abril, Loianne Lacerda foi para Ilhéus, na Bahia, para onde o deputado também viajou. As passagens custaram R$ 2.205,58. Tiririca se apresentou no município dois dias depois (8 de abril). No dia seguinte à viagem, 7, ele fez show em Jequié; no dia 9, em Itabuna (ambas baianas). Segundo levantamento de O Globo, no dia 3 de maio foi emitida uma passagem no valor de R$ 2.045,38 em nome de Loianne com destino ao Aeroporto Senador Petrônio Portella, em Tersina (PI).

Tiririca se apresentou em Piripiri (PI), Picos (PI) e Teresina (PI) nos dias 5, 6 e 7, respectivamente. Já em 9 de maio, foi emitido um bilhete aéro em nome de Loianne com destino ao Aeroporto de Aracuju (SE). A passagem custou R$ 2.027,69. Na mesma data, Tiririca teve um bilhete emitido pra si, com o mesmo destino, por R$ 1.785,69. No dia 14 ele se apresentou na capital sergipana.

Outro assessor de Tiririca, João Júnior, teve bilhete aéreo emitido no dia 6 de outubro, com saída no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, para Brasília. Naquele dia, o deputado tinha apresentação prevista para as 21h na capital fluminense. A passagem custou R$ 934,90. A assessoria do deputado ainda não se manifestou.

‘Última Estação’: Polícia Federal deflagra segunda fase na Bahia, Sergipe, Alagoas e Goiás


A Polícia Federal deflagrou na manha desta terça-feira (12) a segunda fase da Operação Última Estação, em conjunto com as polícias Civil e Militar, cumprindo 11 mandados de prisão preventiva, seis de condução coercitiva e 19 de busca e apreensão nas cidades de Salvador, Porto Seguro, Alagoinhas, Dias D’Ávila, Camaçari e Serrinha, na Bahia; além de Aracajú, em Sergipe; Maceió, em Alagoas; e Goiânia, em Goiás.

A ação tem coo objetivo coibir crimes de tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e outros crimes relacionados à atuação de membros da facção criminosa baiana. Na primeira fase da operação, realizada em setembro deste ano, foram realizadas buscas e apreendidos bens e bloqueados mais de 40 mil reais obtidos ilicitamente pelo traficante Marcelo Batista Santos, o Marreno, morto cerca de um mês antes em Salvador, em confronto com policiais militares.

Desde o início das investigações, foi constatado que outros integrantes da organização criminosa atuavam da mesma forma que Marreno, lavando o dinheiro oriundo do tráfico de drogas. Os valores circulavam em contas bancárias de terceiros ou abertas com identidades falsas e adquiriam imóveis e outros bens em nome de interpostas pessoas (pessoas que abrem várias empresas individuais que ocupam o mesmo espaço e tem o mesmo objeto social e por vezes dividem os mesmos funcionários e tem parentesco).

A apuração já resultaram na prisão de seis integrantes da quadrilha, na apreensão de cerca de 40 Kg de maconha, cinco fuzis e uma pistola de calibre restrito. Também foram recuperados três veículos roubados e apreendidos outros três veículos de propriedade dos integrantes da quadrilha. Na etapa desta terça, ainda são cumpridas 22 medidas de bloqueio de contas bancárias usadas pelos investigados. Participam da operação cerca de 150 policiais das Polícias Federal, Civil e Militar.

Festa da Cerveja promete muita música e diversão nos dias 05 e 06 de janeiro, em Prado BA.


A Festa da Cerveja já tem data marcada. Será nos dias 05 e 06 de janeiro de 2018.

Abadás: 1º Lote / Dia: R$ 65,00 – Passaporte para os 02 dias – R$ 110,00 (Cerveja lata só R$ 0,99).

A cidade de Prado será o destino de milhares de foliões espalhados mundo a fora. O evento já está sendo considerado como um dos melhores na região do Extremo Sul da Bahia.

Serão 02 dias de muita festa com as bandas: PSIRICO, GUIG GHETTO, GABRIEL PLAY, CARRO DE PLAYBOY, BAILE DOS SANDES E RICARDINHO DA BAHIA.

A Festa da Cerveja tem a marca do profissionalismo de Tigrão Produções, um dos maiores produtores de eventos do estado da Bahia.