Futebol: Ema e Carabau são Campeões do Campeonato Municipal de Prado


final camp.municipal prado

A final do campeonato municipal da primeira e segunda divisão de Prado, teve início na manhã nesse domingo (26), a final aconteceu no estádio municipal Roberto Muniz, e teve dois grandes jogos, Ema X B13 e Carabau  X Corumbau, esses foram os jogos das finais da primeira e segunda divisão do Campeonato Municipal.

1

A final da segunda divisão foi muito disputada, as duas equipes jogaram muita bola, o primeiro tempo foi bastante disputado, com as duas equipes se respeitando bastante e sempre levando perigo ao gol uma da outra, mais acabou em 0 x 0.

2

Já no segundo tempo o jogo foi mais pegado com jogadas bem trabalhadas pelas duas equipe mais não saiu do 0 x 0, o jogo terminou com empate em 0 x 0,  e foi decidido nos pênaltis. O time do Carabau venceu o Corumbau por 3×2.

3

Já na final da primeira divisão o time do EMA goleou o B13 por 4 a 1. A equipe do EMA no início do primeiro tempo, foi bem mais ofensivo, atacando por todos os lados sempre levando perigo ao Gol,  e como de se esperar o Time do EMA abriu o placar em um belíssimo gol de falta, a torcida presente estava eufórica.

4

O jogo foi todo dominado, a equipe do EMA conquistou à vitória surpreendente de  4 a 1 em cima do B13,  e consagrou-se campeã municipal 2013, e comemorou o titulo com a coreografia do funk “AH LELEK LEK LEK LEK LEK”, com muita animação de todos os atletas.

Fotos Campeonato acesse: http://pradonoticia.com/category/fotos/ 

Por Claydson Motta / PradoNotícia

 

Junior Cigano surpreende com chute rodado e nocauteia Mark Hunt


Brasileiro volta bem após derrota para Cain Velásquez e vence samoano no último round. Próxima luta será terceiro capítulo da trilogia contra americano

cigano1

Junior Cigano não demorou a retomar o caminho das vitórias. Na primeira oportunidade após perder o cinturão dos pesados para Cain Velásquez, o brasileiro superou Mark Hunt com um inesperado chute rodado no UFC 160, em Las Vegas (EUA), na noite deste sábado, e terá a oportunidade de retomar seu objeto de desejo. O nocaute sobre o veterano samoano, aos 4m18s do terceiro round, não deixou dúvidas e recolocou Cigano como o principal desafiante ao título. O presidente do UFC, Dana White, confirmou que o terceiro capítulo da trilogia contra Velásquez vai acontecer, mas ainda não definiu uma data.

Esta foi a 16ª vitória do atleta que representa o Corinthians, além de apenas duas derrotas. Já Hunt sofreu seu oitavo revés e tem nove triunfos. A derrota para o brasileiro interrompeu uma sequência de quatro vitórias consecutivas do Super Samoano.

Os dois começaram a luta se estudando muito. Hunt chegou a acertar um chute baixo, enquanto Cigano controlava a distância e tentava trabalhar seu boxe da média pra longa. Com quase dois minutos de round, o brasileiro acertou um overhand de direita que derrubou o samoano. Pareceu que ia acabar em nocaute, mas Mark Hunt se levantou. Cigano continuou melhor, mas um golpe de Hunt abriu um ferimento no rosto do brasileiro. No fim do round, Junior ainda voltou a acertar um overhand de direita que explodiu na cabeça de Mark Hunt.

cigano2

 

Cigano continuou controlando a distância e explorando bem o direto e o overhand de direita. Após acertar mais uma forte direita, Cigano passou a colocar mais os jabs, que entravam com facilidade. Com pouco mais de dois minutos para o fim do round, Hunt conseguiu encurtar, mas Cigano se esquivou bem. Hunt não desistiu, encurtou novamente e acertou um direto de direita no rosto do brasileiro. Se sentindo desconfortável em pé, Cigano colocou o samoano para baixo. Ele chegou a passar a guarda, mas Hunt se levantou pouco antes do cronômetro zerar.

Hunt foi para o tudo ou nada no começo do terceiro round e chegou a soltar perigosos golpes no vazio.  Cigano acertou um bom chute na metade do round, mas o samoano caçava o brasileiro pelo octógono. Hunt tinha o controle das ações e acertou um chute na linha de cintura, mas Cigano respondeu com um uppercut e depois com um jab que balançou o oponente. Parecia que a luta ia para a decisão, mas Cigano surpreendeu com um chute rodado que derrubou Hunt. O brasileiro partiu para cima e liquidou a fatura.

Por GloboEsporte

institucional-619x70

Cain Velásquez vence na arma de Pezão e mantém cinturão do UFC


Americano nocauteia brasileiro no início no primeiro round a partir de golpes certeiros no queixo. Terceiro combate contra Junior Cigano vai acontecer

velasquez_pezao1

Uma pedra chamada Cain Velásquez impediu que o paraibano Antônio Pezãorealizasse seu grande sonho de conquistar o cinturão do Ultimate. O americano era o grande favorito para o UFC 160, na noite deste sábado, em Las Vegas (EUA), mas surpreendeu ao vencer na arma do brasileiro, que é a mão pesada. Para quem esperava que Velásquez utilizasse seu wrestling (luta olímpica) e cansasse Pezão ao longo dos cinco rounds, ele acertou o queixo do desafiante e o nocauteou ainda no início do primeiro assalto para manter o título peso-pesado da organização.

O próximo passo de Velásquez é o terceiro capítulo da trilogia contra o brasileiro Junior Cigano, que no coevento principal nocauteou Mark Hunt. O primeiro teve Cigano tirando o cinturão do americano, e no segundo houve exatamente o contrário. O presidente do UFC, Dana White, confirmou que o duelo será realizado, mas ainda não definiu uma data. Perguntado sobre isso logo após a luta, o atual campeão preferiu não falar muito:

– Ele sempre foi duro. Minha equipe vai me ajudar. Agora quero ir para casa encontrar minha mulher.

velasquez_pezao2

 

Aos 30 anos, Velásquez agora tem um cartel de 12 vitórias e apenas uma derrota. O único revés foi justamente para Cigano. Já Antônio Pezão sofreu a quinta derrota em 23 combates nacarreira. Eles já haviam se enfrentado no UFC 146, quando Velásquez venceu também por nocaute técnico no primeiro round. Na ocasião, o americano se aproveitou de um erro na estratégia do brasileiro, que chutou baixo logo de cara, e o colocou para baixo antes de castigá-lo com cotoveladas e abrir um grande corte no supercílio dele.

Neste segundo encontro, o primeiro movimento de Velásquez foi tentar derrubar Pezão, mas ficou na defesa. O americano soltou alguns golpes e desviou de um direto do brasileiro. Velásquez, então, encaixou uma combinação de jab e direto no queixo de Pezão e o levou ao chão. Ele partiu para cima e disparou diversos socos. O árbitro Mario Yamasaki avisou a Pezão que ele precisava esboçar alguma defesa mais eficiente. Como isso não aconteceu, na visão dele, o duelo foi interrompido quando o relógio marcava 1m21s do primeiro assalto. Pezão ainda reclamou com Yamasaki, mas não teve jeito.

Por GloboEsporte

institucional-619x70

Fim do mistério: com direito a festa, Fla lança novo uniforme Adidas


Evento com show de Jorge Benjor e Moreno de modelo revela linha de produtos da Adidas. Zico, que está nos EUA, é ausência em evento restrito

template_mosaico

O torcedor do Flamengo poderá, nesta quinta-feira, enfim, matar uma de suas maiores curiosidades no ano. Nem a expectativa por reforços ou definição de novos patrocinadores mexeu tanto com os rubro-negros como a revelação da novo uniforme, agora confeccionado pela Adidas. E o fim do mistério acontece em grande estilo, com festa e pocket show de Jorge Benjor, no Complexo Lagoon, bem pertinho da Gávea, a partir das 19h (de Brasília). O evento é restrito para convidados. A nova camisa entrará em campo pela primeira vez no próximo domingo, contra o Santos, em Brasília, pela rodada de abertura do Brasileirão.

O evento contará com a presença de jogadores, que servirão de modelos. Reforço mais badalado para temporada, Marcelo Moreno será um deles. Outros, que também são patrocinados pela fornecedora, também devem comparecer, casos de Gabriel, Rafinha, Renato Abreu, Ramon, Felipe, Hernane e Luiz Antônio. Serão apresentados dois uniformes de jogo: o tradicional, vermelho e preto, e o número dois, branco. O lançamento de um terceiro uniforme, predominantemente preto, se dará em outra ocasião, provavelmente em setembro.

camisa_flamengo_lancamento_convite.jpg_62

Em vigor desde o último dia primeiro, a união entre Flamengo e Adidas retoma uma parceria de sucesso na época mais vitoriosa da história do clube, na década de 80. O ícone desta geração, no entanto, não estará presente no lançamento. Apesar de ser embaixador da fornecedora, Zico se ausentará por estar em Nova Iorque para participar de um evento. O Galinho, por outro lado, participou do anúncio oficial do acordo, realizado na Gávea no último dia 9.

Partes da camisa já foram reveladas

Desde então, a Adidas tornou ainda maior a ansiedade pela revelação do novo uniforme com a divulgação de pequenas partes da camisa número um. Primeiro, uma imagem exibia o escudo, com o “CRF” bordado sobre uma faixa preta, ao contrário do que acontece na atual. A estrela, referente ao título mundial de 1981, fica na faixa vermelha acima. Outro detalhe perceptível foi que as faixas horizontais serão menores.

Na semana passada, os torcedores puderam matar um pouco da curiosidade em relação a manga. Ela será vermelha, com as três listras características da marca em preto, similar ao uniforme usado pelo alemão Bayer Leverkusen. A camisa é fabricada com uma tecnologia chamada “Formotion”, conforme revela inscrição na barra.

mosaico_flamengo7_rep.jpg_62

O preço para comercialização também já foi informado: R$ 199,90. Inclusive, o novo manto esteve disponível para pré-venda desde o dia 10. Toda linha de treinamento também será lançada no evento e será utilizada pelo elenco a partir da atividade de sexta-feira na parte da manhã.

Contrato mais valioso das Américas

O contrato de dez anos entre Flamengo e Adidas é o mais valioso no segmento em todo o continente e coloca os cariocas em um grupo chamado de Top 5 da empresa alemã, ao lado de Milan, Chelsea, Bayern de Munique e Real Madrid. O Rubro-Negro receberá R$ 36,5 milhões por ano. Ao contrário da Olympikus, entretanto, a empresa não terá influencia direta na contratação de grandes estrelas, com o pagamento de salários, por exemplo, mas admite “abrir portas” para que isso aconteça.

O acordo, assinado no fim da gestão de Patricia Amorim, passou por mudanças com a chegada da nova diretoria. As alterações se resumem a aumento significativo nas premiações e tabela de aumento do percentual de royalties a partir do cumprimento de metas de vendas. O reajuste previsto no contrato de 87 páginas está atrelado ao desempenho do time. O valor mínimo até o quinto ano de contrato é de R$ 30,3 milhões (resultado da soma do mínimo de royalties, R$ 8 milhões, teto de material fornecido, R$ 9,8 milhões, e pagamento fixo anual em dinheiro de R$ 12,5 milhões). Somadas a taxa de início de parceria (R$ 38 milhões), e a verba de ações de marketing da Adidas (R$ 1,5 milhão), chega-se a R$ 35,6 milhões por ano, número que passa a R$ 40,6 milhões do sexto ao décimo ano de contrato (não incluída a correção monetária) e pode crescer ainda mais dependendo do sucesso de vendas de produtos, uma das alterações obtidas pela nova diretoria do clube.

O contrato foi assinado em 20 de dezembro do ano passado. Logo após a assinatura, o Rubro-Negro recebeu R$ 6,5 milhões, sendo que R$ 3,4 milhões foram usados para pagar a rescisão com a Olympikus. A fornecedora também já pagou ao clube outros R$ 38 milhões da taxa de início de parceria: R$ 13 milhões até 30 dias após a assinatura do contrato e R$ 25 milhões até 15 de fevereiro.

Parceria prevê rescisão ou multa por vexames

O contrato de parceria traz um aporte de receitas à Gávea de fazer inveja aos rivais. Porém, a contrapartida também é digna de um clube agora incluído entre as marcas classe A da empresa alemã. Quedas para a Série B e não classificações para a Copa Sul-Americana, por exemplo, acarretam multas que podem chegar a 50% dos pagamentos a serem feitos pela empresa. Já um rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro implica a rescisão do vínculo.

Por GloboEsporte

Vídeo: 3º Copa Coyote Brazilian Jiu-jitsu em Prado


Neste Domingo (19) de maio aconteceu na cidade de Prado Extremo Sul Baiano à 3º A Copa Coyote Brazilian Jiu-jitsu que é organizada pelo professor faixa Preta, 4º grau – Daniel Coyote Souza.

A 3º edição superou todas as expectativas, a competição contou 360 atletas, vindos das cidades de Teixeira de Freitas, Vitória (ES), e outros lugares da Bahia e Minas Gerais (BH).

Jackson dos Santos Mota, teve um bom motivo para comemorar, “Esse Evento serve para mostrar que o Esporte em nossa cidade tem tirado muitas crianças e adolescentes das ruas, aproveito para parabenizar o Professor Daniel Coyote Souza, graças a Deus e a ele meu filho está saindo daqui com a medalha de Ouro” disse

foto

João Pedro Paludy dos Santos, de 11 anos, fruto do casamento de Alba Paludy e Jackson Mota, esteve ao lado do filho caçula que venceu o campeonato de Jiu-Jitsu, disputado na quadra poliesportiva do Colégio Anísio Teixeira, na cidade de Prado. O menino, conquistou o 1º lugar da Copa Coyote Brazilian Jiu-Jitsu, em sua categoria juvenil. João Pedro, que é faixa amarela e pratica o esporte há 3 anos, fez três lutas na competição e ganhou todas.

Segundo o responsável pelo evento, Daniel Coyote a iniciativa da competição é levar os Jovens a se dedicar ao esporte Jiu-Jitsu, “A razão de existir a Copa Coyote é gerar entretenimento para o público apreciador do Jiu-jitsu Brasileiro, através da promoção de espetáculos esportivos que agreguem valor aos atletas e academias participantes, assim como aos investidores e patrocinadores” disse.

Em instante Fotos do evento no site

Por Redação/PradoNotícia

 

 

LOGO PN

Vitor Belfort enfim revela novo moicano para o UFC no Combate 2


Lutador brasileiro fez mistério durante a semana, antes da pesagem

Vitor Belfort prometeu um novo corte de cabelo “radical” para o UFC no Combate 2 deste sábado e, após fazer mistério com um gorro e um boné por dois dias, enfim revelou o novo penteado nesta sexta-feira, durante a pesagem do evento. O estilo não é muito diferente do que o lutador vinha usando nos últimos meses: um moicano, mas bem rente no topo e com mais volume, quase um rabo de cavalo, na nuca.

mosaico_vitorbelfort_moicano

O canal Combate transmite o UFC no Combate 2 ao vivo, com exclusividade, a partirde 17h30m (horário de Brasília), e o COMBATE.COM acompanha em Tempo Real a partir do mesmo horário, além de exibir em vídeo a primeira luta, entre os pesos-leves Lucas Mineiro e Jeremy Larsen.

UFC no Combate 2 – Belfort x Rockhold
18 de maio de 2013, em Jaraguá do Sul (SC)
CARD PRINCIPAL
Vitor Belfort x Luke Rockhold
Ronaldo Jacaré x Chris Camozzi
Rafael dos Anjos x Evan Dunham
Rafael Natal x João Zeferino
CARD PRELIMINAR
Hacran Dias x Nik Lentz
Francisco Massaranduba x Mike Rio
Gleison Tibau x John Cholish
Paulo Thiago x Michel Trator
Iuri Marajó x Iliarde Santos
Fábio Maldonado x Roger Hollett
John Lineker x Azamat Gashimov
Jussier Formiga x Chris Cariaso
Lucas Mineiro x Jeremy Larsen

institucional-619x70

Em jogo contra o Figueirense, Vasco faz últimos ajustes para o Brasileiro


Com algumas modificações, equipe cruz-maltina realiza amistoso neste sábado, em Florianópolis, uma semana antes de estreia na competição

nei_vasco_marcelosadio

A partida contra o Tupi-MG (goleada por 5 a 1, há uma semana) serviu para que Paulo Autuori fizesse suas últimas avaliações. Neste sábado, o treinador vai fazer os ajustes finais no Vasco para a estreia no Campeonato Brasileiro. O amistoso contra o Figueirense, às 16h, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, servirá como base para o compromisso de daqui a uma semana, contra a Portuguesa, já valendo três pontos.

Na partida realizada em Juiz de Fora (MG), Paulo Autuori optou por formações distintas nos dois tempos, já que gostaria de observar o comportamento de alguns jogadores numa partida. Neste sábado, a ideia do treinador é já preparar a equipe titular para a primeira rodada do Brasileirão e, assim, é provável que haja menos modificações ao longo do jogo contra o Figueirense.

E o Vasco pode ter novidades nessa reta final de preparação. O goleiro Diogo Silva tem boas chances de começar como titular, algo que nunca aconteceu desde que chegou ao clube, em 2011. Por outro lado, Fábio Lima, elogiado pelo desempenho contra o Tupi, sequer viajou para o Rio de Janeiro. O jogador teria sido preservado para que tenha menos valorização e, assim, o clube possa adquirir seus direitos econômicos por um preço menor. No entanto, a diretoria contesta essa informação e credita essa ausência simplesmente a um critério técnico.

Paulo Autuori tem a consciência de que uma vitória no amistoso encheria o grupo de confiança a uma semana do Brasileirão. No entanto, entende que a evolução do Vasco já existe e será mais uma vez testada contra um adversário que vai disputar a Série B, mas que está entre os principais clubes do país.

– Estou feliz porque todos assimilaram os aspectos táticos e técnicos. Fisicamente estão todos bem e nós temos consciência de nossas limitações. Minha preocupação é que todos saibam o que fazer taticamente. Além disso, tenho gostado de algumas parcerias entre os jogadores no campo e espero vê-las contra o Figueirense – afirmou o treinador.

O Figueirense encara o time carioca com várias caras novas. Nesta semana foram apresentados cinco jogadores: Pablo, Jean Carlos, Hildo, Rennan Oliveira e Bruno Pires. O técnico Adilson Batista revelou que os novos atletas irão ser testados contra o Vasco da Gama. O lateral-esquerdo Henrique Miranda, que chegou por empréstimo do São Paulo, apesar de não ter sido oficialmente apresentado também já treina com o grupo de jogadores.

Durante a semana, com a chegada dos reforços, o técnico testou algumas formações para ajustar a equipe para o confronto no Orlando Scarpelli.

FIGUEIRENSE X VASCO
Ricardo, André Rocha, Thiego, Douglas Silva e Weligton Saci; Ronaldo Tres, Tinga, Maylson e Gérson Magrão; Ricardinho e Marcelo Toscano. Diogo Silva, Nei, Luan, Renato Silva e Yotún (Elsinho); Sandro Silva, Fellipe Bastos, Wendel e Dakson; Eder Luis e Tenorio.
Técnico: Adilson Batista. Técnico: Paulo Autuori.
Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).
Data: 18/05/2013. Horário: 16h.
Árbitro: Edmundo Alves do Nascimento. Assistentes: Vanessa Nazário e Priscila Cristina.
Por GloboEsporte

 

 

 

 

Jovem argentino é o reforço do Flamengo para a lateral direita


Adrián Martinez, de 21 anos, joga na Segunda Divisão argentina e tem passagem pela seleção sub-20. Ele será anunciado nos próximos dias

adrianmartinez_argentinasub20_afp_15

A diretoria do Flamengo espera anunciar nos próximos dias a chegada de uma sombra para Léo Moura. A contratação do lateral-direito argentino Adrián Martinez, de 21 anos, está em fase final e deve fechar o ciclo de reforços do clube antes do início do Campeonato Brasileiro.

Martínez defende o Olimpo, que disputa a Segunda Divisão argentina e foi reveladonas categorias de base do San Lorenzo. O jogador tem os seus direitos econômicos ligados à Traffic e chegará por empréstimo de um ano. Como credencial, 35 partidas disputadas pela seleção sub-20 de seu país.

ERRATA: ao contrário do que foi divulgado pelo GLOBOESPORTE.COM na noite de quinta-feira, o lateral-direito Felipe Mattioni, do Espanyol, não será contratado pelo Flamengo.

Por GloboEsporte

Rubro-Negro e Bahia decidem o título do Baianão neste domingo. Leão tem a vantagem e pode perder a partida por até quatro gols de diferença


Perto do título, Caio Junior elogia o Vitória: ‘Clube bom de se trabalhar ‘

caiojunior_09052013_thiagopereira_1

Às vésperas do Ba-Vi que vai decidir o campeão baiano de 2013, neste domingo, às 16h (horário de Brasília), no Barradão, o ambiente no Vitória é o melhor possível. A equipe pode conquistar o título mesmo se perder por quatro gols de diferença, já que goleou o rival por 7 a 3 na Arena Fonte Nova.

Apesar da grande vantagem sobre o Bahia, o técnico Caio Junior prega cautela. Para ele, um resultado tão elástico como o que aconteceu no último clássico traz consequências para quem vence e para quem perde.

– Minha preocupação é conseguir o título. Chegamos nesse momento em uma situação boa, e a preocupação é essa. Quando você perde de goleada se muda tudo, e quando se ganha se cria um clima de ‘oba-oba’. Eu sou contra as duas. Acho que tem que ser profissional – comenta.

O primeiro semestre do Vitória foi de altos e baixos. A eliminação na Copa do Nordeste e uma derrota para o Mixto pela Copa do Brasil chegaram a abalar o elenco, mas a boa campanha no Baianão e as três vitórias sobre o Bahia na temporada devolveram a tranquilidade à Toca do Leão.

No Rubro-Negro há cerca de seis meses, Caio Junior dedica uma parte do bom desempenho do time às condições de trabalho oferecidas pelo clube.

– Nós estamos nesse momento colhendo o que foi plantado. É um clube organizado, com pagamentos em dia, e a concentração é uma das melhores do Brasil. O clube tem uma ótima estrutura. Então você junta uma série de coisas favoráveis e dá isso. O Vitória é um clube muito bom de se trabalhar – avalia o treinador.

No meio da semana, o comandante rubro-negro decidiu poupar os titulares da partida contra o Salgueiro, pela Copa do Brasil, visando o Ba-Vi de domingo. Apesar de não ter sido derrotado, o empate sem gols não era o resultado desejado. Mesmo assim, Caio não se arrepende da decisão e acredita que o time está pronto para o clássico.

– Temos 80% da equipe inteira, em boas condições. Nosso campo será pesado no domingo, diferente do que foi na Fonte Nova. Então vai se exigir muito mais dos jogadores – finaliza.

 

 Por GloboEsporte