Policia Civil prende mais um integrante da quadrilha de “Tiago 157” no Prado


Prado: Segundo informações da Polícia Civil do Prado, liderada pelo delegado Kléber Gonçalves, nos anos de 2015 e 2016, a quadrilha liderada por “Tiago 157” estava tocando terror na cidade do Prado e em alguns distritos. E no dia 06 de maio de 2016, “Tiago 157”, na companhia de um comparsa conhecido por “Cosminho”, mataram duas pessoas na cidade, sendo as vítimas Vanderson o “Aduque” e Luan Nascimento dos Santos, conhecido como “Dinho”. Sendo que na morte de Dinho, Cosminho pilotava a motocicleta, enquanto Tiago 157 seguia na garupa, e sempre armado com uma pistola calibre 9 milímetros.

Segundo a Polícia Civil, os executores conseguiram alcançar Luan, que estava na companhia de outro rapaz identificado como Daniel, que também seria alvo dos assassinos. Após tentarem matar Daniel, a arma de Tiago 157 falhou no primeiro disparo, e então as vítimas correram, mas, Cosminho e Tiago 157 correram em direção de Luan, e Tiago atirou, e atingiu as costas da vítima. Luan caiu e a dupla se aproximou e, em posse de pedras, golpearam o Luan, que teve o crânio esmagado e morreu no local. Na época do crime, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva, que teve parecer favorável do Ministério Público e despacho do Juiz de Direito, que decretou a prisão tanto de Tiago 157, como do seu comparsa, Cosme Reis da Silva, o Cosminho.

Segundo Kléber Gonçalves, desde então a Polícia Civil vinha realizando incursões na tentativa de prender Cosminho, já que Tiago 157 tombou em confronto com a Polícia Militar em 2017. Através da troca de informações do S.I da Polícia Civil do Prado com o S.I de Itabela, onde os investigadores do Prado passaram detalhes sobre o suspeito, a fuga de Cosminho teve fim, e no dia 12 de janeiro deste ano, ele foi preso em uma fazenda, localizada no distrito de Montinho. Cosminho foi recambiado para a Delegacia Territorial do Prado, onde foi interrogado e tentou negar a sua participação no crime, mas caiu em contradição em vários momentos do depoimento.

Após ser ouvido, Cosminho foi transferido para a carceragem da 8ª COORPIN e deverá ser levado para o Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, onde continuará preso enquanto o inquérito sobre os homicídios de Luan e de Vanderson são finalizados. O delegado afirmou que Cosminho já responde processo por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e uma tentativa de homicídio, crime ocorrido em 2015. Em contato com Kléber, ele afirmou: “Com a prisão de Cosminho, a quadrilha de Tiago 157 praticamente encontra-se desfeita. O líder tombou em confronto com a PM, e seus comparsas Cosme e Mateus Ramos foram presos pela Polícia Civil em cumprimento a mandados e estão fora de ação”. Mateus foi preso no dia 09 de novembro de 2017.

Com informações do LiberdadeNews

“Araketu” é preso pela Polícia Militar acusado de tráfico em Alcobaça


Alcobaça – Policiais militares lotados na 88ª CIPM / Alcobaça, após o recebimento de denúncias anônimas durante a noite da última quarta-feira (10), deslocavam-se ao bairro Cajarana, onde efetuaram a prisão de DANILO BARBOSA CONCEIÇÃO, vulgo “ARAKETU”, 29 anos, por tráfico de drogas naquele bairro. De acordo com a polícia militar, a movimentação de usuários de entorpecentes era intensa na casa onde o suspeito foi preso, facilitando a ação da PM.

Com o suspeito foram apreendidos: 51(cinquenta e um) gramas de maconha, divididas em 08 (oito) porções prontas para a comercialização; 01(um) aparelho celular; R$ 2.890,00 (dois mil, oitocentos e noventa reais) em espécie.

Danilo foi apresentado à Delegacia de Polícia Civil e deverá responder criminalmente com base no art. 33 da lei 11.343 / 2006 (tráfico de drogas).

Jovem é executado a caminho do trabalho na ladeira que liga o São Lourenço ao Tancredo


Teixeira de Freitas: Na manhã desta quinta-feira, 04 de janeiro, a violência, que começou com altos índices em 2018, fez mais uma vítima nas primeiras horas do 4° dia do ano. Segundo informações passadas para a Polícia, foram ouvidos cerca de 05 tiros na Rua Sargento Pedro, mais precisamente na ladeira que liga o Bairro São Lourenço ao Tancredo Neves. Populares e curiosos foram olhar o que teria acontecido e flagraram um suspeito correndo, saindo da área de mato na lateral da via. Ao se aproximarem do local, foi encontrado um corpo do sexo masculino.

A Polícia Militar foi informada do caso e uma guarnição esteve no local, onde tomou as primeiras providências. Os militares preservaram a área e informaram o crime à Polícia Civil. O delegado plantonista, Marco Antônio Neves, juntamente com o investigador Rodrigo, esteve no local e realizou o levantamento cadavérico. A vítima foi identificada como sendo, Vanderley Pires Santos, 20 anos de idade, que reside na Rua Jacó do Bandolim, no Bairro São Lourenço. O delegado solicitou perícia e uma equipe do Departamento de Polícia Técnica esteve no local.

Os peritos Danilo Bastos e Sandro de Abreu realizaram os trabalhos periciais, e ao concluir a perícia de ação violenta, o perito Danilo afirmou que a vítima apresentava 02 perfurações causadas por disparos de arma de fogo. Ainda segundo o perito, os tiros atingiram as costas e o braço esquerdo da vítima. Foi identificado a presença de projétil na região do peito do jovem, possivelmente o do tiro nas costas. O projétil será retirado na mesa de necropsia do IML de Teixeira de Freitas, e então será possível identificar o calibre da arma usada no crime, que deve ser um revólver calibre 32 ou 38.

Após perícia, o delegado autorizou remoção e o corpo foi encaminhado ao IML. O delegado colheu as primeiras informações sobre o crime e deverá encaminhar o caso para o Núcleo de Homicídio e Tráfico da 8ª COORPIN. Um inquérito policial será instaurado para investigar autoria e motivação do crime. A Polícia irá investigar e apurar se a vítima possuí passagem pela Polícia e se teria envolvimento com práticas ilícitas.

Por LiberdadeNews

Após briga em Alcobaça mulher denuncia marido que acaba preso por posse ilegal de arma de fogo


Alcobaça: No fim da tarde desta quarta-feira, 27 de dezembro, policiais militares da 88ª CIPM de Alcobaça foram acionados para verificarem uma denúncia anônima que informava uma briga entre um casal que ocorria na Avenida 07 de setembro, no Bairro Palmeiras, em Alcobaça. A guarnição chegou ao local e confirmou o fato, e durante registro do fato, a mulher disse aos militares que o seu marido possuía uma arma de fogo.

Após a denúncia, a mulher foi até o quarto, pegou a arma e entregou aos militares. A arma pertencia a Junio Lacerda Luz, 34 anos de idade, natural de Itamaraju/BA e que reside no local do fato. A arma, trata-se de um revólver Taurus calibre 32 com número de série 462855, municiada com 03 cartuchos intactos. Junio foi preso e, juntamente com a arma, conduzido à sede da 8ª COORPIN, onde o caso foi registrado e os procedimentos ficaram a cargo do delegado Charlton Fraga Bortolini, delegado titular de Alcobaça.

O delegado recebeu o caso, ouviu os militares e logo após ouviu o Junio. Diante dos fatos relatados e depoimentos colhidos, o delegado flagranteou Junio por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Foi arbitrada fiança e se a mesma for paga, ele irá responder o crime em liberdade. Segundo a Polícia, Junio responde a alguns procedimentos por ameaça, em algumas vezes utilizando arma de fogo.

A PM pede a população que continue ajudando a combater o crime através do disque denúncia da 88ª no número (73) 99867 8748 e a guardiã da Costa das Baleais garante sigilo absoluto.

Com informações LiberdadeNews

Polícia prende suspeito de crime ambiental em posse de arma de fogo em Prado


Em data de 20/12/2017, às 10h, policiais militares lotados na 88ª CIPM / Alcobaça durante a realização de uma operação de reintegração de posse em uma área nas margens do rio Jucuruçu, Cidade de Prado, abordaram uma embarcação e prenderam JOSÉ BERNARDO SANTANA CARRILHO, 53 anos, que transportava jacarés e tatus abatidos, além de pássaros e uma arma de fogo. Um outro suspeito conseguiu evadir se jogando nas águas do rio quando percebeu a abordagem da PM.

Com o suspeito foram apreendidos os seguintes itens:
04 (quatro) jacarés abatidos; 04 (quatro) tatus abatidos; 01 (uma) espingarda de marca e numeração suprimidas; 02 (duas) gaiolas com pássaros.

JOSÉ BERNARDO foi preso em flagrante delito e conduzido a Delegacia de Polícia Civil, onde responderá pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo de calibre permitido e por crime ambiental, devendo permanecer a disposição da justiça.

Prado: Polícia Civil conclui investigações e elucida emboscada que matou jovem em Guarani


Prado: A Polícia Civil do Prado, liderada e comandada pelo delegado Kléber Gonçalves, chegou a autoria do homicídio que teve como vítima, Danilo Pereira de Jesus, que caiu em um emboscada e foi morto a tiros no dia 28 de novembro, em Guarani, distrito do Prado. Segundo a Polícia, uma cartucheira de fabricação caseira foi utilizada para cometer o crime. Logo após o homicídio, o delegado juntamente com sua equipe de investigação, começou a colher informações acerca do crime, e descobriu que dois indivíduos haviam sumido do distrito de Guarani, justamente no dia do crime.

A Polícia Civil descobriu que os indivíduos seriam Tauan e outro de vulgo “Railan”. No curso das investigações a Polícia Civil descobriu que os acusados haviam roubado um veículo Fiat/Uno, branco, e na ação usaram armas de fogo compatíveis com as usadas no crime contra Danilo. As investigações apontaram que os suspeitos estariam escondidos na Aldeia Monte Dourado, e ainda estavam usando o carro. O delegado Kléber e seus investigadores, juntamente com a Polícia Militar, realizaram diversas incursões e conseguiram prender a esposa de Tauan, identificada como Geliane.

A jovem foi presa com as armas usadas no crime e também uma porção de “maconha”. A Polícia, então, pôde identificar e qualificar os acusados, sendo eles Tauan Gasparino de Paula e Erlan dos Santos, vulgo “Railan” ou “Grilinho”. Após a prisão da Geliane, os acusados do homicídio resolveram fugir, e tentaram ir para Eunápolis, mas, foram alcançados e presos em Itabela, ainda com o Uno roubado. Então, na última quarta-feira, a Polícia Civil cumpriu o mandado de prisão preventiva em desfavor dos homicidas, mandado esse que foi requerido pelo delegado titular do Prado.

Os acusados vão responder presos pelo crime, e ainda em Itabela foram interrogados e negaram o crime, mas, a Polícia encontrou diversas divergências entre os interrogatórios, e isso permitiu a conclusão do inquérito policial com o indiciamento dos acusados. Segundo Kléber Gonçalves, as investigações sobre o roubo do Fiat/Uno continuam, pois, existe a possibilidade da participação de outros dois elementos no crime. A Delegacia do Prado manteve o empenho e êxito deixado pelo delegado Júlio. E o trabalho do delgado Kléber Gonçalves ganha reconhecimento no Prado, onde a população vê uma Polícia Civil atuante e com êxito nas ações.

Manifestação pede solução para o caso de agente de saúde assassinada em Nova Viçosa


Com cartazes e faixas, diversas pessoas foram às ruas de Nova Viçosa na manhã desta terça-feira, 12 de dezembro, pedindo justiça para o caso da agente comunitária de saúde, Rozilene Preciosa Jovelino, de 32 anos, também conhecida como “Nega”, assassinada em 6 de dezembro de 2015.

A manifestação com uma passeata pelas principais ruas da cidade, também teve momentos de concentração em frente ao fórum local e ao complexo policial.

O caso

Rozilene foi assassinada em uma noite de domingo, em um tiroteio na comunidade de Cândido Mariano, interior do município.

De acordo com informações colhidas pelo delegado, Maderson Souza, que na época respondia pela titularidade, o tiroteio que resultou na morte da agente teria acontecido após uma discussão motivada por uma disputa de som automotivo.

Após iniciar uma briga, um homem identificado como, Leandro Rafael, foi até seu carro, uma Strada vermelha e atirou várias vezes na direção de indivíduo de nome não divulgado, proprietário de um gol branco, que não foi encontrado no local.

Os disparos atingiram a agente de saúde na região da cabeça e balearam mais três pessoas que foram socorridas para hospitais de Posto da Mata e Teixeira de Freitas.

De acordo com familiares da agente de saúde, Leandro Rafael, que seria morador de Helvécia, deu prosseguimento a sua rotina de vida como se nada tivesse acontecido, mesmo após matar uma pessoa e balear outras três. Na ocasião, ele chegou a se apresentar na delegacia, após o período do flagrante e está em liberdade.

Ainda de acordo com os manifestantes, foi descoberto por eles nesta terça-feira, que o inquérito ainda não foi concluído. “Cobramos da Justiça e Promotoria o julgamento, e dois anos depois, descobrimos que o inquérito ainda não foi concluído. Um absurdo”.

A atual delegada, Waldiza Fernandes, que assumiu a titularidade há poucos meses, contou que desconhecia a não conclusão do inquérito, e se comprometeu em finaliza-lo, ainda esta semana, e posteriormente, encaminha-lo para a Promotoria Pública.

Com informações |Sulbahianews

‘Última Estação’: Polícia Federal deflagra segunda fase na Bahia, Sergipe, Alagoas e Goiás


A Polícia Federal deflagrou na manha desta terça-feira (12) a segunda fase da Operação Última Estação, em conjunto com as polícias Civil e Militar, cumprindo 11 mandados de prisão preventiva, seis de condução coercitiva e 19 de busca e apreensão nas cidades de Salvador, Porto Seguro, Alagoinhas, Dias D’Ávila, Camaçari e Serrinha, na Bahia; além de Aracajú, em Sergipe; Maceió, em Alagoas; e Goiânia, em Goiás.

A ação tem coo objetivo coibir crimes de tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e outros crimes relacionados à atuação de membros da facção criminosa baiana. Na primeira fase da operação, realizada em setembro deste ano, foram realizadas buscas e apreendidos bens e bloqueados mais de 40 mil reais obtidos ilicitamente pelo traficante Marcelo Batista Santos, o Marreno, morto cerca de um mês antes em Salvador, em confronto com policiais militares.

Desde o início das investigações, foi constatado que outros integrantes da organização criminosa atuavam da mesma forma que Marreno, lavando o dinheiro oriundo do tráfico de drogas. Os valores circulavam em contas bancárias de terceiros ou abertas com identidades falsas e adquiriam imóveis e outros bens em nome de interpostas pessoas (pessoas que abrem várias empresas individuais que ocupam o mesmo espaço e tem o mesmo objeto social e por vezes dividem os mesmos funcionários e tem parentesco).

A apuração já resultaram na prisão de seis integrantes da quadrilha, na apreensão de cerca de 40 Kg de maconha, cinco fuzis e uma pistola de calibre restrito. Também foram recuperados três veículos roubados e apreendidos outros três veículos de propriedade dos integrantes da quadrilha. Na etapa desta terça, ainda são cumpridas 22 medidas de bloqueio de contas bancárias usadas pelos investigados. Participam da operação cerca de 150 policiais das Polícias Federal, Civil e Militar.

PETO prende mototaxista com quase R$ 75 mil reais: Dinheiro seria de recolhimento do tráfico


Teixeira de Freitas: Na tarde desta segunda-feira, 11 de dezembro, policiais militares do PETO receberam uma denúncia anônima, informando que um mototaxista estaria realizando o recolhimento de dinheiro do tráfico de drogas. Os militares, então, saíram em diligências e foram até o Bairro Liberdade I, onde na Rua China, avistaram um mototaxista conversando com uma traficante do Bairro. Ao notar a presença dos militares, a mulher que havia entregado algo ao mototaxista evadiu-se.

Os militares abordaram o mototaxista de número 106, e durante revista pessoal encontraram com ele mais de R$ 8.000,00 (oito mil reais), divididos em diversas notas e espalhados em diversos bolsos do mototaxi. Questionado sobre o dinheiro, o mototaxista disse que o dinheiro era dele, mas, os militares sentiram o forte odor de drogas que exalava do dinheiro. Notando que havia sido descoberto, o suspeito ficou nervoso e entrou em contradição por diversas vezes.

O mototaxista foi identificado como sendo, Klébio Alves dos Santos, 21 anos de idade. Os militares questionaram onde o mesmo residia, e ele levou os militares na casa dos pais, mas, os militares descobriram que o mesmo tinha outra residência, e saíram em diligências até o local, onde encontraram mais de R$ 66.000,00 (sessenta e seis mil reais) em espécie. Ao ser perguntado pelo dinheiro, o mototaxista não soube dizer.

O mototaxista recebeu voz de prisão e foi conduzido à sede da 8ª COORPIN, onde o caso foi registrado e apresentado ao delegado Maderson Souza Dias. No total foram apreendidos R$74.256,75 (setenta e quatro mil duzentos e cinquenta e seis reais e setenta e cinco centavos, além de 01 aparelho celular e jóias. O delegado recebeu o caso e solicitou apoio do Núcleo de Homicídio e Tráfico (N.H.T).

Segundo a Polícia, o ponto de número 106 é pertencente ao traficante conhecido como “Caga Óleo”, o qual a Polícia acredita de quem seja o dinheiro. Klébio segue preso à disposição da Polícia, e não quis comentar o caso. O mesmo já foi preso em 2015 por roubo, e os investigadores deverão realizar diligências ainda nesta segunda-feira. Os delegados Bruno Ferrari e Ricardo Amaral, juntamente com o PETO prenderam uma suspeita, e as diligências continuam.

Fonte LiberdadeNews

PETO de Itanhém atende denúncia e apreende menor com maconha, crack e cocaína


Itanhém: No último domingo, 10 de dezembro, policiais militares do PETO de Itanhém, receberam uma denúncia anônima informando que um jovem vinha armazenando e comercializando drogas. Os militares saíram em diligências e foram até a Rua Dois de Julho, no Bairro Nova Brasília, onde localizaram o suspeito, um adolescente de 17 anos de idade.

Durante buscas e revista pessoal, os militares encontraram com o adolescente 01 porção de “maconha”. Questionado sobre a existência de mais drogas, o jovem afirmou que teria outra quantidade guardada, e após buscas foram encontradas 01 pedra bruta de “crack”; 03 buchas de “maconha”; 03 pedras de “crack”, já embaladas e prontas para comercialização e alguns papelotes de “cocaína”.

Além das drogas foi apreendido um aparelho celular e a quantia de R$ 131,00 (cento e trinta e um reais). Diante dos fatos, os militares apreenderam o adolescente e as drogas, e o caso foi conduzido para a sede do Plantão Regional em Teixeira de Freitas e apresentado ao delegado Bruno Ferrari, que ouviu os militares e solicitou a presença dos responsáveis pelo adolescente.

O adolescente foi ouvido e entregue aos responsáveis. As drogas foram encaminhadas para o Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas para exames de constatação. O caso deverá ser encaminhado para a Delegacia Territorial de Itanhém para investigações mais minuciosas.

Fonte LiberdadeNews