Após ameaçar casal de idosos em Alcobaça menor é apreendido e comparsa foge


Alcobaça: Na tarde deste domingo (21), Policiais da 88ª CIPM de Alcobaça receberam uma denúncia de que dois suspeitos teriam roubado e ameaçado um casal de idosos, que são artesão, fato ocorrido na Rua 7 Setembro, no Centro da cidade. Uma guarnição se deslocou para o local, e chegando lá, os suspeitos já haviam se evadido. Os Militares, com base nas informações dos suspeitos saíram em diligência para tentar localizá-los, quando foram informados que os indivíduos teriam ido em direção à ponte do Rio Doce.

Quando a guarnição se aproximou, os acusados correram, e um deles se jogou dentro da água. O outro se jogou dentro de uma área considerada como brejo. Os militares, conseguiram apreender apenas o que se jogou dentro rio, sendo um menor de 14 anos, que já foi apreendido duas vezes por roubo, sendo uma na cidade de Teixeira de Freitas e a outra em Alcobaça. O menor confirmou a identidade do seu comparsa, qual seja, “Josivaldo” vulgo “Vado”, que é um velho conhecido da polícia, com algumas passagens na delegacia.

Segundo o menor, o “Vado” estaria com um arma de fogo, tipo revolver, de calibre 32, municiada, e que ele o teria chamado para ir até essa casa, levar um recado  de alguém do presídio para o casal de artistas, que seria para eles fazerem a entrega uma carga de 3kg de droga, tipo erva (maconha). Ainda segundo o menor, eles teriam recebido informações de que os idosos estariam com essa droga escondida, e deveriam entregar para eles, se não os dois iriam morrer.

O casal de idosos negaram que teria a referida droga, e que desconhecia totalmente tal assunto. Eles relataram aos militares que os mesmos suspeitos teriam ido em sua casa, também na noite interior, e feito a mesma ameaça, dizendo que se eles não entregassem a droga iriam morrer. Eles ainda teriam levado alguns pertences pessoais. Os PMs realizaram a condução do menor para o Plantão Regional da 8ª COORPIN, em Teixeira de Freitas, onde foi apresentado para a delegada plantonista, Maria Luíza, para as devidas providências.

O casal também compareceu para registrar a ocorrência sobre ameaça de morte pelos referidos suspeitos. Após serem ouvidos, os artistas foram embora. Já o menor continua detido, aguardando o comparecimento de um responsável para acompanhá-lo.

Com informações do Liberdadenews