4º Festival das Baleias vai movimentar o turismo em Prado


Música e consciência ambiental vão se encontrar em Prado, a 785 quilômetros de Salvador, durante o 4º Festival das Baleias. O município, localizado na Costa das Baleias, sedia, pela segunda vez, o evento, que contribui para a promoção e crescimento do turismo nesta zona turística.  Em entrevista ao site Prado Notícia, os organizadores informaram que, o objetivo é aproveitar o potencial turístico da região, destacando o espetáculo promovido pelas baleias jubarte, e chamar a atenção para a importância da preservação do ambiente costeiro e marinho.

Com cerca de 7 mil leitos, a expectativa, de acordo com a Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Cultura, é que o município receba um público de 30 mil pessoas. Entre visitantes de cidades vizinhas, são esperados turistas do Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro, beneficiando toda a cadeia produtiva do turismo da cidade e região. O festival, que tem como “Conhecer para preservar”, uma responsabilidade de todos!, conta com apoio da Secretaria de Turismo do Estado (Setur), por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa) e a Prefeitura Municipal de Prado.

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, texto

De acordo com o secretário de Turismo, Joklébio Coelho, durante o evento, promovido pelo Instituto Redemar, a programação terá shows musicais, com atrações como Estakazero, Patchanka, Petra,  Amy Reggaehouse (Projeto que faz versões de Amy Winehouse em Reggae), Dj Leandro Rallo, Cezinha, além de ações ambientais, palestras educativas e apresentações culturais.

Turismo ecológico e cultural – Situada no Extremo Sul da Bahia, entre o mar e as terras cobertas pela Mata Atlântica, a Costa das Baleias abriga tesouro de belezas naturais como o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, considerado o maior berçário reprodutivo da espécie em todo o Atlântico Sul Ocidental.

A Bahia é o Estado que possui o maior número de destinos para a observação das jubarte, sendo 11 no total. Por suas águas quentes e tranquilas, o litoral baiano é escolhido como o local de permanência desses mamíferos que, de julho a novembro, chegam para acasalar, reproduzir e amamentar os filhotes, proporcionando, com suas aparições, um verdadeiro espetáculo da natureza.

Prado fica na fronteira entre a Costa do Descobrimento e a Costa das Baleias, cenário de belezas naturais e reduto histórico e cultural. O Centro Histórico preserva o casario dos séculos XVIII e XIX, com ruas estreitas, calçadas com paralelepípedos e praças arborizadas. Destaque para as centenárias construções da Matriz de Nossa Senhora da Purificação, a antiga Cadeia Pública, a Casa Colonial do Beco das Garrafas e o sobrado da Rua Rui Barbosa.